segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Entrevista com Wagner Andriote - Autor de: DESORDENS DO OCASO


Nasceu em 1974, na cidade de Dois Córregos, interior paulista. Filho de Luiz Aparecido Andriote e Lourdes Capelari Andriote. Leitor voraz, sempre se mostrou amante da literatura e da poesia, paixões que o levaram, inevitavelmente, à escrita. Ávido por encontrar conhecimento e respostas às suas inquietações e às do mundo, aventurou-se a novos caminhos e fixou morada na Capital Paulista. Encontrou na megalópole a diversidade de formas, cores, seres e culturas, o que intensificou seus sentidos e sensibilidade já aguçada, impulsionando-o definitivamente ao universo poético.
Participou de três antologias, uma pelo site “Alma Carioca”, uma pela editora Scortecci, “Incertezas e suas Fragilidades” e a última referente ao  Concurso Nacional Novos Poetas, Prêmio CNNP 2014, parceria entre UNICAMP e  editora Vivara.


Retrata com peculiaridade o inconformismo e as inquietações diante das injustiças e mazelas sociais perpetradas pelo ser humano, ao mesmo tempo em que permite entrever no ser marginalizado o seu valor, a sua humanidade esquecida, sem perder-se do encantamento e da beleza captada pelas retinas sensíveis e implacáveis do poeta. Um livro perturbador, que através do poder e do encanto da poesia nos convida à reflexão e leva o leitor a rever seus valores, a repensar seus conceitos e preconceitos e a questionar nossa frágil e precária condição humana.
Leia Mais ►

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Entrevista com José Rothadi - Autor de: FRAGMENTOS DE PALAVRAS

José Rothadi
Nascido em 15 de abril de 1961 na cidade de São Paulo (SP), divorciado, funcionário público, graduando do curso de Pedagogia com licenciatura plena (UNIFESP - EFLCH).Universidade Federal de São Paulo - Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Campus Guarulhos - SP, Turma de 2010. José Rothadi participou da 22ª Bienal do Livro de São Paulo (2012) com o lançamento do livro Um Rastro de Poesia e da 23ª Bienal do Livro de são paulo (2014) com o lançamento do Livro Fragmentos de Palavras, ambas do Grupo Editorial Scortecci - São Paulo - SP.
Com o gosto pela leitura, que cultiva desde a sua adolescência, ainda na década de 80 enveredou-se com ousadia a trilhar seus caminhos escrevendo poesias, explorando o universo de sua intuição e conhecimento na busca permanente pela sabedoria, como uma provocação, contrapondo-se à sua construção física e mental, às realidades psicossociológicas de seu currículo oculto, social e cultural. Superando, contrariando e subvertendo a todas as expectativas das razões improváveis. Adotou o pseudônimo “José Rothadi” em homenagem a Rosana Lopes e aos filhos Thamires e Diogo, seus amores mais expressivos, motivo de sua inspiração, a quem dedica a sua criação literária com toda a ternura e carinho do querer.

Em 86 poemas de muita sensibilidade, o poeta nos confidencia suas impressões de passagens de sua vida e de suas inquietações. O livro é dedicado ao filho Diogo, filho amado, e um grande incentivador de sua carreira. São poemas ternos, com linguagem leve e verdadeira. A poesia de José Rothadi é pessoal, mas transcende o individual reverenciando a essência do mais terno amor.
Vem através de sua obra expressar o seu cotidiano nos vários aspectos da interpretação das palavras. Manifestando a sua sensibilidade com a percepção de sua alma de menino, transformando os seus sentimentos em mensagens de poesias.

Olá José. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.
Leia Mais ►

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Entrevista com Hebe C. da Boa-Viagem de A. Costa - Autora de: ELAS, AS PIONEIRAS DO BRASIL

Natural de Macatuba (SP), casada, tem um filho e uma neta. Cursos: Biblioteconomia na PUC de Campinas. Licenciaturas, pela USP, em Pedagogia e Ciências Sociais; Direito pela Faculdade de Direito de Guarulhos e Supervisão e Administração Escolar pela Faculdade Nove de Julho. Professora de Educação aposentada, advogada e pintora com premiações no Brasil e no exterior. 
Participou de onze antologias publicadas pela Editora Litteris e Casa do Novo Autor, com contos crônicas e poesias, a saber: Memórias de uma parteira; Reflexões de uma professora numa festa de formatura; Ah! O amor...; A mulher segundo os padrões tradicionais; Reflexões sobre o beijo; Sonhar é preciso; Recordando; Professor: Vale a pena ser?; À Diana no seu quarto aniversário; Ser ou não ser professor, eis a questão; O amor de cada um. 
Em dois concursos de contos, crônicas e poesias da Folha do Servidor Público foi distinguida com o 2° lugar com o conto Na seção, uma piada (1997) e com Menção Honrosa pela crônica Velhice (2000). Publicou o livro infantil Pois é... Cada um na sua!!! Editora Rideel, 1998 e 2002.
Livros publicados pela Editora Scortecci: AH! ESSAS CRIANÇAS...COLETÂNEAMESTRESPOR CONTA PRÓPRIAVIVÊNCIAS.
Leia Mais ►

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Entrevista com Guilherme Pupo Falconni - Autor de: UM SEGUNDO Poesias admirativas de mirações casuais

Nasceu em São Paulo em 1975. Professor de história, é Bacharel e Mestre em história pela Unesp – Universidade Estadual Paulista. Exerce a docência faz quinze anos atuando no ensino fundamental e superior. Tem artigos publicados em periódicos acadêmicos na área de história, cultura e educação. Na poesia participou de concursos e coletâneas recebendo vários prêmios. Com seu primeiro livro publicado em 2013, Livro Último, traz agora nesse livro a continuidade de sua obra. A poesia entrou na sua vida através da literatura, da atenção de amigos, familiares e  dos bons professores com quem conviveu em sua formação escolar e acadêmica. Tem como principais influências em seu trabalho poético: Adélia Prado, Manoel de Barros, Affonso Romanno de Sant’anna, Roberto Piva, Ferreira Gullar e Fernando Pessoa.

Este é o lado de fora
  o avesso
    o fim
     e o
      começo...
Leia Mais ►

domingo, 14 de dezembro de 2014

Entrevista com Lionizia Goyá - Autora de: BIANCA E O ARCO DA ALIANÇA

Lionizia Goyá


Artista Plástica e Escritora, natural de Caçu, Goiás. Cursou Licenciatura e Bacharelado em Artes Plásticas na Universidade Federal de Uberlândia-MG. Especialização em Psicopedagogia. Paralelamente aos trabalhos de pinturas em telas, também tem exposto seus trabalhos em fotografias. E na literatura suas publicações mais recentes são: “Belos Rebeles Cerrados Mineirenses” e “Abuso” poemas – Divine Edition - Paris/França  e o livro “Bianca e o arco da aliança” conto poético infantil – Editora Scortecci/REBRA  lançado na 23ª Bienal de São Paulo.



Bianca... é a história de uma menina branca que vive em um mundo branco com sombras em tons de cinza. Bianca, curiosa, sai pelo bosque e à medida que caminha vai descobrindo as cores nas flores que encontra no decorrer do tempo... Ao tocar em cada flor, Bianca, detêm em seus dedos, o pigmento referente à cor tocada, passando assim a ter o poder de um "arco íris" em suas mãos, podendo colorir ou não sua vida - seu Mundo!"
Leia Mais ►

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Entrevista com Daniel Deusdete - Autor de: AS MINHAS FIRMES RESOLUÇÕES

Daniel Deusdete

"Eis o que, na verdade sou: um grande pecador, nas mãos de um tão grande Salvador!" - MEU NOME: Daniel Deusdete - Teólogo, Administrador Postal, Administrador de Empresas e Pós graduado em Análises de Sistemas. Trabalho nos Correios. Gosto de escrever, estudar, pesquisar, lecionar e pregar.

MEU LEMA: Aprendendo sempre e sempre estar aprendendo. Compartilhar Conhecimento e Jamais Desistir.
MEUS SITES:
http://wwww.jamaisdesista.com.br, http://www.espadadoespirito.com.br, https://www.facebook.com/editoraossemeadores  e também publico meus sermões no site: http://www.scribd.com/OsSemeadores.

Jesus advertiu Tomé dizendo que bem aventurados são os que não viram e creram (Jo 20:29). Anselmo de Cantuária (teólogo e filósofo medieval – séc. XI - italiano) disse: “Realmente desejo compreender um pouco da tua verdade, que meu coração ama e na qual crê. Não busco compreender, a fim de poder crer; mas creio, para que possa compreender; e o que é mais, creio que a menos que eu acredite, não compreenderei”. Eu também creio! Ani Ma’amin! Eu sou, portanto, crente: Creio piamente no Deus da Bíblia. É Crer Para Ver! Aleluias! Sou teólogo - linha reformada.

Desejo cumprir, como servo de Cristo, ungido pelo Espírito Santo, aquilo pelo qual estou vocacionado ou seja estar a serviço do Reino de Deus e de sua Justiça, pronto para ir a todos os povos, e a ensinar, pregar e curar, pelo Espírito Santo, em nome do Senhor Jesus, para a glória de Deus.
Leia Mais ►

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Entrevista com Flávio Souzedo - Autor de: TIME COM ALMA

Começou sua vida profissional como professor de Educação Física, com especialização em jogos educacionais pela Universidade da Califórnia (EUA) e com pós-graduação em jogos e recreação pela USP, trabalhou com crianças portadoras de deficiências físicas e pessoas com problemas de mobilidade. Formou-se também em Psicologia na UNESP (Bauru, SP) com a finalidade de melhorar seus conhecimentos sobre comportamentos humanos. Na verdade, naquela época seu grande interesse era na área psicomotora; entretanto, a vida tem razões que a própria razão desconhece. Recebeu um convite para trabalhar na área de Recursos Humanos em uma grande estatal, cujo salário oferecido superava em muito o que recebia em seu trabalho naquele momento. Aceitou o desafio e entrou em um ambiente que nada tinha a ver com sua realidade anterior. Era um público racional, pragmático, hierárquico e no início foi muito difícil entender aquele novo universo e ser entendido também. Como todas as experiências da vida, porém, esta também foi benéfica, pois com ela agregou novos conhecimentos. Dedicado, fez pós-graduação em Recursos Humanos pela Fundação Getúlio Vargas e exerceu o cargo de Gerente de Recursos Humanos da CESP durante 12 anos. Também atuou como professor assistente da USP e professor titular da Universidade Federal de Mato Grosso. Esta fase durou 44 anos, até criar S&A Desenvolvimento Humano. Atualmente é consultor em Desenvolvimento Humano e Organizacional, realizando diversos trabalhos em empresas de ponta em todo o Brasil. É idealizador do método de treinamento espontâneo ao ar livre e palestrante. Time com Alma é seu primeiro livro publicado.
Leia Mais ►

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Entrevista com Zulmira Carvalheiro - Autora de: OS MENINOS DA RUA BETO

É paulistana nascida em meados do século XX.
Escreve historinhas desde os sete anos de idade, quando foi alfabetizada pela professora Geny Hernandes Gebara.
Possui em seu currículo os títulos de “Banana Pintadinha” e “Enciclopédia Ambulante”, obtidos respectivamente na infância e na adolescência devido aos hábitos de brincar ao ar livre sem protetor solar e de ler tudo o que estivesse ao alcance das mãos.
Aos vinte e três anos abandonou uma promissora carreira de secretária júnior e foi estudar Física, tendo feito bacharelado, licenciatura e mestrado em Física Nuclear.
Com quarenta e um anos, constatando que o Prêmio Nobel ia demorar demais, resolveu ser professora. Desde então tem trabalhado em instituições de ensino superior, profissionalizante e médio.
Planeja tirar da gaveta (e do pendrive) uma parte dos seus escritos e acabar de cumprir o prognóstico firmado aos dezesseis anos na seção de “amigos por correspondência” da revista juvenil americana “Teen Life”: “she plans on becoming a nuclear physicist and author”.
Leia Mais ►

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Entrevista com Marilu F Queiroz - Autora de: CONTOS ESCRITOS NO METRÔ

Ainda menina iniciou seus primeiros escritos. Incentivada pelo pai, um artista por natureza prosseguiu na trilha de seus dois amores: a escrita e a pintura em aquarela, sem jamais conseguir optar por qualquer delas.

Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (SP), tem como profissão a publicidade. Tem diversos textos editados no Brasil, França e Suíça. Participou de várias antologias e revistas eletrônicas, livro didático e dissertação sobre Arte.

Escrever um conto é dar de si o que se tem guardado e observado ao longo de uma vida inteira. São acontecimentos vividos ou não, mas sentidos e transmitidos em forma de palavras.
Contos Escritos no Metrô é uma coletânea de histórias do dia a dia, vistas sob a ótica bem-humorada da autora. Sua intenção é mostrar que a vida pode ser mais simples e mais leve do que se imagina.
Contos escritos no Metrô, o mais recente livro de Marilu F. Queiroz, apresenta 36 contos que foram escritos durante seus passeios como passageira, pois gosta de escrever neste ambiente criando histórias corriqueiras, onde a fantasia se faz presente e a escrita flui como as manchas aguadas das suas pinturas em aquarelas. Sim, a escritora também é aquarelista. Seus textos são diretos, sem rebuscamento, de fácil leitura, simples como o cotidiano dos demais passageiros com seus sonhos, preocupações, encontros e desencontros. Os contos levam o leitor a visualizar e imaginar o que está sendo contado e até criar novas situações, induzido a vislumbrar um determinado final, o que geralmente não acontece, porque a escritora acaba nos surpreendendo sempre com um fim inesperado e às vezes bem-humorado. 
Leia Mais ►