terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Entrevista com Dedé Nascimento - Autor de: O DIÁRIO DE UM MAGRELO Rumo ao Campo das Estrelas

José Raimundo do Nascimento Filho                                                
Popularmente conhecido como (Dedé Nascimento)
Filho de pais cearenses nasceu em 1961 na pequenina cidade de Pio XII no estado do Maranhão. Ainda adolescente com a morte precoce de seu pai, teve que partir pra outras terras. Em São Paulo onde mora desde 1976 cursou apenas o ginásio. Casou-se em 1986 com Maria de Lima do Nascimento de quem tem dois filhos: Jaymes e Michael. É comerciante de produtos para iluminação decorativa. Grande parte de sua vida dedicou-se às artes plásticas e ao teatro amador. Foi membro por alguns anos do extinto grupo de teatro “Luz da Esquina” da Paróquia Santo Antonio de Pádua de Vila Talarico. Em 2001 fez um curso e participou da II mostra do projeto Ademar guerra no teatro Fernando Azevedo em São Paulo, e em 2005 fez o tradicional curso Emílio Fontana. O gosto pelo Teatro faz com quê ele até hoje participe das apresentações da semana santa atuando como Jesus Cristo, na sua atual comunidade, a Paróquia São José do Jardim Brasília em São Paulo-SP.
O intuito de escrever esse meu primeiro livro, é poder partilhar um pouquinho das experiências que tive em quarenta dias que serão eternamente inesquecíveis na minha vida.
Ao atravessar o oceano pela primeira vez, minha grande aventura em terras estrangeiras, foi caminhar a pé cerca de 800 quilômetros, começando em Saint Jean Pied Port, uma cidadezinha no sudoeste da França, e seguindo ao longo do norte da Espanha, cruzando florestas, vales e montanhas, hora com terra, hora com pedras ou com flores. E assim fiz o Caminho de Santiago de Compostela, algo que não consigo descrever.
Antes de chegar ao meu destino, onde repousa os restos mortais de Tiago Maior um dos doze apóstolos de Jesus, respeitosamente guardados numa arca de prata na catedral dedicada ao santo, encarei o frio, o sol e a chuva, e até mesmo a tempestade, num verdadeiro exercício de fé, e com o coração sempre aberto, a contemplar a beleza dos lugares por onde passei, e das inúmeras construções milenares como as lindas pontes medievais, igrejas, ermitas, catedrais e mosteiros, além da natureza exuberante em vários trechos do caminho. Conheci pessoas de várias partes do mundo, e aprendi muito mais a viver e a pensar no coletivo. Passei por todos os sentimentos, do sofrimento ao êxtase da alma. Fiz muitas orações e fortaleci meu espírito. Gozei de uma liberdade muito intensa, e me vi o tempo todo bebendo e respirando emoções. Já não me importava pra onde estava seguindo, e sim a motivação que me levava a fazê-lo. Com isso espero que todos compartilhem comigo dessas maravilhosas lembranças e boas energias, que tomaram conta do meu ser, e inundaram a minha vida para sempre.


Olá Dedé.  É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
Trata-se de uma peregrinação. A ideia foi descrever as experiências que passei numa caminhada de 29 dias andando a pé. Quanto ao público que se destina, é a aquele que pretende também fazer o Caminho de Santiago de Compostela.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
É apenas partilhar essas experiências incríveis que vivi nesse Caminho Sagrado.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Acho um escritor nunca deve desanimar, mesmo estando em um país que pouco valoriza o seu belo trabalho. É com persistência que um dia, mais cedo ou mais tarde, veremos essa nação com um povo muito mais culto em todos os sentidos.

 Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Através de um amigo que também lançou seu primeiro livro, editado pela Scortecci.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Merece sim! Principalmente por pessoas que gostem de aventuras, conhecendo novos e diferentes lugares pelo mundo a fora. O livro em si, já é uma singela mensagem de força, fé e perseverança.


Obrigado pela sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário