sexta-feira, 13 de março de 2015

Entrevista com Alex Moura - Autor de: AS FLORES NASCEM POR AMOR

Alex Moura
Brasileiro, nascido em Surubim, Pernambuco, no dia 24 de março de 1978. Professor de História, e Pós-graduação em História do Brasil, casado, pai...residente na cidade de Santa Maria do Cambucá, estado de Pernambuco. Desenvolve em sus ideologias a realização dos sonhos com a força de um sentimento que para muitos é esquecido: o Amor.



Na busca da essência familiar, tentei resgatar as razões do amor. A imaginação da pureza  e dos valores retratando um amor fiel entre o convívio familiar. Meu refúgio literário foi a Itália, século XVII, o amor de dois irmãos irá trilhar este romance  onde será possível navegar em palavras sinceras e fraternas entre os irmãos Pietro e Paolo e uma mulher chamada Clarisse.




Olá Alex. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
Uma história que tenta valorizar o amor entre os membros familiares e seus desafios através do amor. Por incrível que pareça o livro surgiu em um imaginário italiano. Sempre sonhei em visitar a Itália, acho este lugar de muita cultura familiar, a Itália foi um motivo, a família e o amor um outro motivo. O público alvo é a família, da adolescência a terceira idade.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Sou sonhador e um sonhador não desisti em sua primeira obra. Além de um sonhador, um homem romântico e muito sentimental. Este é o segundo livro, porém, o primeiro feito em uma editora. O outro livro está pronto e espero este ano oficializá-lo na editora Scortecci, chama-se Os reis, o renascimento da liberdade. Tenho mais três obras: O último anjo do amor; A cor amarela; E um título ainda a ser definido, mas a história fala da volta do cangaço contra os políticos e soldados corruptos. Até os dias da minha vida vou lançar muitos livros.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Uma aventura cheia de esperança. O governo poderia mais valorizar os escritores, com benefícios e projetos, porém, fica a cada escritor a sorte dos leitores, que são poucos. Mas como digitei, sendo romântico demais este cenário irá mudar, basta cada escritor, só ou juntos realizar projetos e lutar por direitos.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Pela internet. Esta editora abraçou com eficácia meu projeto. Pontualidade e muita atenção me fez sonhar como escritor.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Sim. Principalmente pelo elo familiar. A verdadeira essência deste livro é como amar os seus familiares e aprendendo a amar a sua família, vivendo este mesmo amor na sociedade.
A mensagem que eu deixo para cada leitor é simplesmente: amar, isto é, amai-vos uns aos outros como eu vos amei. Obrigado.

Obrigado pela sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário