sexta-feira, 3 de abril de 2015

Entrevista com Rubens Bonatelli Moni - Autor de: BOA VIAGEM

Rubens Bonatelli Moni
Escritor poeta e ensaísta. Sociólogo, engenheiro e jornalista. Licenciado em ciâncias sociais, geografia e história; especialista em Psicopedagogia. Adepto da educação democrática. aposentado SEESP em 2012. Programa do mérito 2010. Nascimento 1952
(Barretos – SP, 1952) – burguês, elite operária, funcionário público, PEB II aposentado e detentor do Programa do Mérito do Magistério da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo. Existência de intelectual em Ciências, Artes e Filosofia: a difícil práxis teórica de (re)leituras e lides de escrituras, intelighensias. Sociologo, engenheiro, jornalista, escritor e licenciado (Sociologia, História, Geografia, Mercadologia). Multidisciplinar no amor e no tesão por ensino-aprendizagem. Pós-Graduado e Especialista em Educação (Psicopedagogia). Mestrados em Engenharia e Ciências Sociais (USP, UNESP, UNICAMP). Desejo: convites para concluir o Mestrado e o Doutorado em Ciências Humanas e Sociais. Prêmios: Programa de Apoio ao Escritor Barretense – 1987, Semana da Biblioteca – Prefeitura Municipal de Barretos (SP). Prêmio em Colina – SEESP e Espaço Unibanco. Prêmio Poesia Cidade de Osasco e Faculdade de Direito. Materialismo Histórico e Dialético: Teoria Crítica da Sociedade e da Cultura. Orientado de Paulo Argemiro Silveira Filho, Glauco Grandi, Maria Lygia Quartin de Moraes, André Bastos Amaral, Carmen Sílvia Martins Ragazzi e Célia Aparecida Ferreira Tolentino. Da recolha de material bibliográfico e orientações intermitentes possibilitam a edição de vida(s) e livros!... É arteiro de pintura em tecidos. Aprendiz de óleo sobre tela. Existência: docência e assessoria. É pesquisador, jornalista e professor na dialética da Educação Democrática. Aposentou-se ícone e assume-se bissexual em direitos e deveres de cidadão e cidadania. Respeito a similitudes na diferença, o todo e o singular de Educação e Democracia Operária de Sociedade do Trabalho: Secretaria de Educação do Estado de São Paulo e Ministério de Educação e Cultura – Brasil.

OBRAS DO AUTOR:
Jornalismo – Antonio Gramsci (ensaio, 1987) – Prêmio Escritor do Ano pela Prefeitura Municipal de Barretos
Boa viagem?... Otário! (poesia, 1989)
Poemas inSignificantes (poesia, 2009; 2ª edição aumentada e revisada, 2013)
 De prazeres e vinho(s) Livros 1
De prazeres e vinho(s) Livros 2
• Jornalismo Livro 1: Antônio Gramsci (2ª edição revisada)

A PUBLICAR:
• Poemas com sabor de tempero(s) do amargo de doce(s) (conjunto de quatro livros de crônicas e poesias)
• De prazeres e vinho(s) Livro 3
• Jornalismo Livro 2: O Homem do Povo. Opinião. Movimento, Em Tempo, Versus. Caminhos alternativos da Grande imprensa

EM ELABORAÇÃO:

• Prosaico Amor Modernidade Revoluções Cotidianos. Amores de héteros de homos de bissexual(is)!... (na média de trilogia)

Poemas em prosa, literaturar ensaios e poesia. Percurso de memória e descoberta de mundos da ciência e das artes. Linguagens de estéticas, epistemologia e existência.
Este Boa viagem é a segunda edição revisada e aumentada de Boa Viagem?... Otário!, publicado em 1989. Neste livro, Rubens Bonatelli Moni dá sequência ao trabalho de revisão e reorganização das obras publicadas antes dos anos 2000, como já fez em Poemas inSignificantes e Jornalismo – Antonio Gramsci. Com grande domínio da arte de escrever, o autor sabe que o tempo pode ser impiedoso com o que classificamos de literatura – e só merecem tal classificação os textos que sobrevivem ao passar dos anos. 


Por isso mesmo, Rubens transforma o tempo em aliado, reavaliando e reescrevendo seus poemas, crônicas e críticas, atualizando a roupagem com que se apresentam ao público, sem, no entanto, fazê-los perder sua essência. Aí sim, na eterna batalha que as palavras travam com a eternidade, o escritor sai vencedor, mostrando-se resiliente, corajoso, inquieto e versátil, a par da genuína humildade de quem se sabe presa das filhas de Zeus, o rei dos deuses, e de Mnemosine, a deusa da memória, as musas inspiradoras da mitologia grega.

Olá Rubens. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
O livro é percurso de memória onde se insere leituras de Freud, Piaget, Marx, Weber entre outro. A ideia surgiu da denúncia de fatos não totalmente explicados em 1973. Destina-se ao público em geral.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Sou solteiro e não tenho filhos. É um do total de 11 publicados ou no prelo. Tenho intenção de vender livros e divulgar ideias.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Geralmente o escritor depende financeiramente de outros empregos: bancos, escolas, etc.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Ao acessar o site de concursos literários.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Sim, mereço a descoberta de leitores e a leitura de meus livros. Pois estudo e observo o mundo antes de escrever. Aprender é ensinar o aprendizado. Competência e habilidade desenvolvem-se....


Obrigado pela sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário