quarta-feira, 24 de junho de 2015

Entrevista com Maria de Fátima Sobral - Autora de: SOLIDÃO

Maria de Fátima Sobral Camilo Ferreira
Nascida em Lagoaça, Portugal, naturalizou-se brasileira.
Chegou ao Brasil em 1947, estudou e se formou professora.Casou-se em 1961 e criou cinco filhos e atualmente paparica quatro netos.
Lecionou por 30 anos em escolas públicas da cidade de São Paulo. Hoje aposentada, faz parte do coral La Salle e é voluntária na Igreja São Francisco de Assis. Passa suas horas vagas fazendo seu hobby predileto: escrever. Registra em pedaços de papel a sua experiência de vida.




Solidão
Contém o registro de cinquenta poesias criadas com temas religiosos, românticos, populares entre outros, enfim registra sentimentos da autora a partir de suas experiencias de vida.









Olá Maria de Fátima. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
O livro trás poesias inspiradas, em rimas ou em prosa onde aborda vários temas. A ideia de editar um livro, foi sugestão de meus filhos e amigos, visto que eu já possuía várias poesias escritas desde criança. As poesias destinam-se a qualquer tipo de público.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
É sim o meu primeiro livro e é também, uma realização. Pretendo em breve lançar o segundo e tenho material suficiente para outros.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
É lamentável. Não dá para sobreviver da escrita. O escritor o faz apenas por vocação e satisfação pessoal. O Brasil precisa prestar mais atenção na educação da infância e da juventude, incentivar e resgatar a literatura brasileira.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Através de pesquisas na internet.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Sim. Acredito que toda a leitura serve de entretenimento e cultura. Meu livro contém mensagens de otimismo e de fé na vida. Meu desejo aos leitores é de que além de entretenimento, consigam tirar algum proveito das mensagens ali inseridas.


Obrigado pela sua participação.

Um comentário:

  1. Meus parabéns Sra. Maria de Fátima. Sua dedicação e perseverança seguramente nos serve de grande inspiração e motivação!

    ResponderExcluir