sexta-feira, 17 de julho de 2015

Entrevista com Evaní Alves Moreira - Autora de: VALE DA INSPIRAÇÃO

Evaní Alves Moreira
Nasceu em 12 de abril de 1976, no interior da Bahia, em Rumo, distrito de Itaetê na Chapada Diamantina. Filha de Antonio Marques e Rosália Alves, é a primeira de sete irmãs. Atualmente é solteira e não tem filhos. Mudou-se para São Paulo em 2000. Na Universidade Uni Ítalo formou-se em Recursos Humanos e fez pós-graduação em Psicologia Organizacional. É artesã, compositora, escritora de poesia e histórias infantis. Vale da Inspiração é sua primeira obra publicada.

Talvez este livro não seja a solução para os seus problemas, mas certamente lhe dará a iluminação para que você saiba lidar com eles e nunca desistir de seus sonhos, mesmo que pareçam impossíveis. Para qualquer dor, indico a leitura da Bíblia. Nela você encontrará a resposta que tanto procura.

Na leitura, terás conhecimento; na oração, a resposta; no jejum, o fortalecimento; na vigilância, o livramento.

“Nada mesmo seria sem os versos
Da poesia.
Leve-me ao vale da inspiração,
Onde soa a canção,
Faça-me voar nas asas do vento
Encontrar-te-ei
Em pensamento.”

Olá Evaní. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
Meu livro se trata de poesias. Sempre gostei de escrever desde criança, e na adolescência entendi mais sobre o que escrevia. Às vezes tinha sonhos com letras de músicas e poesias.  Na escola tinha muitas apresentações, então aproveitava para expor minhas ideias e davam certo. Daí me peguei com tantas poesias e pensei, porque não publicar? Sei que nem todos gostarão assim como não gosto de tudo que leio, mas haverá quem se identifique com alguns poemas. Então o publiquei. O público que esta obra se destina será qualquer pessoa sem restrição de idade. Desde que o leitor goste do tema, terá uma boa leitura. Tem poemas de datas comemorativas como: dia das crianças, pais e dia das mães entre outas. Escrevo histórias infantis e reflexões também, mas ainda não estão pronto para publicação. Quem sabe ano que vem.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Eu gosto muito de escrever, tenho muita imaginação, quero muito em breve lançar o próximo livro ilustrado com história infantil. E já tenho uma obra pronto, um projeto que fiz na faculdade, e se chama: "A questão da humanização e a qualidade de vida do colaborador". Quanto plantar uma árvore não me contem por gostar muito de plantas, ela me inspiram rs. Ainda não tenho filhos mas está incluso no meu projeto ter filhos e continuar escrevendo.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Infelizmente as pessoas não tem hábito de leitura. Talvez falte incentivo desde a infância para que cresçam com prazer de entrar no personagem e viajar na imaginação com o escritor. Os pais devem contar mais histórias para seus filhos. Quanto a poesia, os adolescentes não tem tanto romantismo, acredito que por conta de outras atividades como redes sociais, namoro virtual, em outros casos gravidez precoce...em fim para os jovens sentarem pra ler qualquer coisa, em sua visão, é monótono. Mas nunca é tarde para ensinar, incentivar e adquirir cultura. Depende de cada um de nós passar para as crianças e os jovens e não se esquecer dos idosos, que mesmo não lendo, alguém pode ler para eles.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Algum tempo pensei em publicar e comecei olhar todos os livros que via e ligar para cada editora. A Scortecci foi a que me chamou a atenção quando visitei a primeira vez em 2006 por ganhar alguns livros de lançamento.
Mas não tive coragem de publicar. Em 2013 me decidi. Fiz outras pesquisas e optei pela Scortecci, desta vez foi pela agilidade de resposta enquanto outras levam mais de 10 dias para dar retorno. E decidi rápido e tinha que ser resposta imediata antes que eu desistisse de novo.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Meu livro merece ser lido, porque existem muitas pessoas que sentem exatamente o que escrevi, mas não sabem como passar seus sentimentos para o papel ou como falar com a pessoa desejada. Alguns me disseram "nossa bate certinho com minha historia". Cada poema é um momento, uma situação, uma fase diferente. Cada pessoa se identifica com a necessidade no seu momento.

Obrigado pela sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário