segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Entrevista com Mei Santana - Autora de: DESEJOS DA ALMA



Seu nome de batismo é Rosemary Santana dos Santos, mas é conhecida por familiares e amigos como Mei Santana. 
Mineira da pequena cidade de Nanuque, Minas Gerais; atualmente vive em Paulínia, no interior paulista próximo a Campinas.
Graduada em letras - português e espanhol e suas respectivas literaturas, é pós-graduada em tradução e interpretação, desempenha suas atividades profissionais como tradutora, professora e escritora.
Viciada em trabalho e café, amante das Letras, curiosa, perfeccionista, maleável e confiável.
Mei Santana é apaixonada por todos os assuntos relacionados a idiomas e tradução.

É uma coletânea de poesias e frases reflexivas, que proporcionam momentos alentadores, sonhos e lembranças. E está destinado às pessoas que admiram uma boa leitura romântica e poética. São poemas baseados no dia a dia de pessoas comuns que amam, sofrem, clamam e choram, e, que apesar de tudo seguem em frente, de cabeça erguida, sem deixar que as mazelas da vida as desanimem.

“A vida é efêmera e volátil, devemos estar mais tempo com quem amamos e desfrutar de cada segundo que a vida nos proporciona.”

Vida de Poeta
.
Aos poetas se veda a felicidade
Pobre corpo lacerado, desalmado, incompreendido
Às vezes um caricato afetivo, libertino
Esconde um amor não correspondido.
.
Seu olhar funesto reflete a morte
A morte de um amor, uma ferida
Que carrega no coração,
Chaga que nunca cicatriza!
.
Seu mundo é poesia, é emoção
É um ser de tristes versos
Escritos pelo coração.
Versos cruéis que desnudam a dor...
Que afogam os seus sonhos e sua paz interior.
.
Percebe que está em um terrível lugar
Janelas sem luz, fendas gradeadas,
Portas fechadas,
Uma prisão domiciliar.
.
Encarcerado na prisão do amor,
Do grande amor em que hoje vive
Quer se libertar,
Para um novo amor encontrar.

Olá Rosemary. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
O livro é uma coletânea de Poemas e está destinado a jovens e adultos.
Sempre gostei de ler e escrever, contar historia; a leitura estava sempre presente em minha vida.
Aos 17 anos comecei a trabalhar fora e estudar à noite. Quando chegava a casa, todos os dias, relatava o meu dia para minha mãe e minhas irmãs. Era muito divertido! Todos já esperavam a hora de eu chegar para ouvir minhas historias, o dia em que eu não falava sobre o dia, elas me cobravam.
Além disso, tinha um diário onde escrevia os meus medos e sentimentos como uma forma de desabafo.
Quando saía à rua para trabalhar, eu ouvia muitas histórias de colegas e companheiras de trabalho, presenciava muitas coisas boas e ruins em meu dia a dia, tudo que via ou que acontecia transpunha ao papel.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Digo que é a compilação de tudo isso, pois todos esses sonhos faziam parte da minha vida. Com muito esforço e luta já os realizei. Agora cabe a mim, cultivá-los para que eles não morram.
Esta obra é uma sementinha que plantei, brotou e está crescendo. É o primeiro de muitos se Deus quiser.
Falar de mim é tão difícil, pois ainda sonho com tanta coisa! Na vida somos movidos pelos sonhos, se não tivermos sonhos e objetivos a vida perde todo o sentido.
O mundo das letras é a minha vida, tudo que faço está relacionado a este mundo; sou professora, tradutora e escritora, e costumo dizer que sou aprendiz de poeta, estou engatinhando...
Quanto aos meus projetos: estou escrevendo o meu segundo livro, mas não pretendo lançá-lo agora. Primeiro quero trabalhar na divulgação do livro Desejos da Alma; Quero participar de concursos e eventos.
Neste mês de setembro estou participando da exposição Poesia Agora no Museu da Língua Portuguesa em SP, será a última apresentação no dia 26/09. Esta exposição pretende reunir mais de 500 poetas brasileiros e estrangeiros. É um evento espetacular, que oferece oportunidade para que novos escritores apresentem sua obra.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
É muito difícil.
Em um país como o nosso, fomentar a leitura, incentivar a redação de contos e poesias, aprimorar o gosto das pessoas por estes gêneros literários não é nada fácil, haja vista que poesia no Brasil não tem valor.
Alem disso os escritores desses gêneros não são valorizados e não temos incentivos para divulgação de nossos trabalhos.
Vender poesia no Brasil é um grande desafio!

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Como precisava editar o meu livro, fiz pesquisas na internet, e liguei para algumas editoras em busca de orçamento.
Pasme!!! De 15 editoras contatadas, apenas a Scortecci retornou a minha ligação e me atendeu da forma que eu precisava.
Depois de entrar em contato com a Scortecci por e-mail, vi por meio do facebook a divulgação do livro de uma amiga, então pedi algumas informações a ela sobre a referida empresa e ela me passou o contato da Cristiane Rezende.
Fui muito bem atendida.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Merece sim.  O livro Desejos da Alma é uma coletânea de poesias e frases reflexivas, que proporcionam momentos alentadores, sonhos e lembranças, nesta compilação há mensagens de esperança e fé.
Este livro se destina às pessoas que admiram uma boa leitura romântica e poética. São poemas baseados no dia a dia de pessoas comuns que amam, sofrem, clamam e choram e, que apesar de tudo seguem em frente, de cabeça erguida, sem deixar que as mazelas da vida as desanimem.
A minha mensagem é que nunca deixem de sonhar, pois o sonho é a mola propulsora que nos impulsiona a viver.

Obrigado pela sua participação.


2 comentários:

  1. Gostei muito da entrevista. Parabéns pelo se trabalho Mei. De fato, o gênero poesia não tem muito espaço em nosso mercado editorial (o que é uma pena), mas é sempre bom tomar conhecimento e ler materiais de novos autores. Sucesso, perseverança e tudo de bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo seu apoio. Sei que é um caminho árduo, mas tenho certeza que mais adiante terei a recompensa. Desejo a você muito sucesso!
      Um grande abraço.

      Excluir