sexta-feira, 11 de março de 2016

Entrevista com Manoel Oliveira - Autor de: NOS TRILHOS DA POESIA

Manoel Oliveira
Nascido em 29 de abril de 1968, na cidade de São Paulo.
Obteve gosto pela poesia em sua infância, onde houve uma pequena paralisação 
das mesmas apenas retomando basicamente em 2007.

Concluiu o ensino médio porém não possui formação superior






Nos Trilhos da Poesia
A obra "Nos Trilhos da Poesia" refere-se a histórias com teor cômico de uma maneira poética, ilustrando temas tanto do cenário ferroviário quanto alheios. Algumas histórias condizem com a realidade, outras são apenas fictícias.







Olá Manoel. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
Trata-se de poesias com teor cômico ou não.
A ideia de escrevê-lo surgiu devido ter vivenciado e ter tido ciência de situações envolvendo a ferrovia no meu dia a dia.
O público-alvo seriam os ferroviários, porém devido ao fato de que o livro possui um glossário, pode ser apreciado também pelos amantes da ferrovia e histórias diversas.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Sou maquinista há 10 anos, ferroviário a 15 e concluí apenas o ensino médio.
Este é meu primeiro livro, mas pretendo escrever outros, pois possuo algumas ideias para tal.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Acredito que mesmo vivendo num país com tal dificuldade, devemos fazer o que gostamos, pois quando escrevemos expomos todo o tipo de sentimento e é gratificante quando concluímos um trabalho.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Através da Biblioteca Nacional.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Prefiro deixar que meus leitores respondam essa pergunta. Caso haja interesse, os mesmos podem acessar meu blog que contém parte das histórias do livro:
.
.
Antes que suas ideias caiam no esquecimento, coloque-as no papel.


Obrigado pela sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário