quarta-feira, 9 de março de 2016

Entrevista com Osmar Braz Ribeiro Santa Rosa - Autor de: TESTEMUNHA DO PAI CELESTE


Osmar Braz Ribeiro Santa Rosa

Eu ia ser levado eu tentei de todas as formas ser feliz, mas eu não encontrava vida!
Só tem vida na vontade perfeita, agradável, lindíssima, maravilhosa... Do Pai Celeste!
Disse Jesus:
De certo vosso Pai Celeste sabe que necessitais de todas as coisas antes de pedirdes!
Não viva por vista, mas por fé!
Ele cuidou unicamente de mim, na viagem no Amazonas!
Mostrando o que era necessário para mim!
Agora eu só vivo para mostrar para as pessoas, que o Pai Celeste sabe que necessitais de todas as coisas, antes de pedirdes!



Eu sou uma testemunha do Pai Celeste nesta terra longínqua. Eu não sou digno! Digno é o cordeiro que foi morto! O Pai Celeste usa as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias! Eu sou uma prova disso, que o cuidado e o amor do Pai Celeste são únicos! Responda a esta graça!!!

Deus, o Pai Celeste, usa as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias! A sabedoria dos homens é loucura para Deus, o Pai Celeste! Viva pobre de espírito! Simples e humilde, como o unigênito filho do Pai Celeste Jesus vivia nesta terra longínqua. O amor e o cuidado do Pai Celeste são únicos! Eu sou uma prova disso! Procure em primeiro lugar o reino do Pai Celeste, Deus! A sua vontade é perfeita, única, agradável, maravilhosa... Eu não sou diferente de ti! Eu só sou uma testemunha do Pai Celeste nesta terra longínqua.

Olá Osmar. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
A Todas as pessoas!
Para sabermos que o que necessitamos é a vontade do Pai Celeste!

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
O meu sonho é cumprir e praticar a vontade do
Pai Celeste!
Eu não queria ficar com os braços cruzados sobre o testemunho impossível!

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Seja a vontade do Pai Celeste!

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Pela internet.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Você precisa saber que o que nós necessitamos é a vontade do Pai Celeste!
Ele sabe o que nós necessitamos antes de pedirmos!
Uma prova disso foi o testemunho impossível para os homens, que o Pai Celeste fez na minha vida, no Amazonas.

Obrigado pela sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário