segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Entrevista com Alba Regina Forte de Magalhães Pinheiro - Autora de: UMA SEREIA APARECEU NUM SHOPPING


Nasceu em Campinas, São Paulo. Sempre gostou que lhe contassem historias. Depois que aprendeu a ler nunca as abandonou. Adora ler. Quando se tornou professora ela às escreveu e as contou para os seus alunos. Hoje ela as pública!







Mirian sempre passeia num shopping e adora tonar café numa cafeteria e não é que nesse dia um ser lindo quase divinal apareceu.. será que o quê ela viu era mesmo uma sereia?





Olá Alba Regina. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
O livro conta a história de uma sereia que apareceu num shopping. A inspiração surgiu, quando sentada numa cafeteria diante de uma queda d'água, a personagem me contemplou com sua admirável beleza. Dedico a história às crianças e aos adultos que não perderam a criança que existe dentro deles.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Este não é o meu primeiro livro, escrevi outros, porém só publiquei dois deles. Falando, sobre escrever e participar do mundo das letras, digo que sempre fiz parte deles, pois desde criança adorava ouvir, contar e inventar histórias. Quando me tornei professora, eu as escrevi para os alunos que gostavam muito e hoje eu as público.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Sinto que não é muito fácil, entretanto como trabalhei 30 anos com crianças, percebo que se houver um trabalho de conscientização política educacional no Brasil com as crianças, tudo poderá mudar. Esse é o meu maior desejo.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Foi no ano de 2008 através da Internet. Resolvi editar o meu primeiro livro: "Lolita, a abelhinha" na Bienal de agosto de 2008. E a Scortecci foi sensacional.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
A mensagem deste livro é para que os leitores nunca percam o contato com o mundo da imaginação tão cheio de encantamentos. Esse é o maior motivo que o meu público leia essa deliciosa história.


Obrigado pela sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário