sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Entrevista com Eliana Calixto - Autora de: O QUE EU APRENDI COM OS GATOS e ETERNIDADE

Eliana Calixto
É médica, poeta e vive no Rio de Janeiro. Já escreveu dois livros de poesia e dois livros infantis. Prefere escrever para crianças e, segundo ela, uma parte do seu público ainda não sabe ler. Seu sonho é escrever um livro de poesias para crianças.






O que o seu gato tem dito para você?
Como? Seu gato não fala? Como não?
Acaso você não aprendeu a decifrar a sutil linguagem dos olhares e miados?
Ainda não descobriu o que o gato quer dizer quando move a cauda?
Venha comigo, venha conhecer tudo que os meus gatos me ensinaram!
Venha, que eu vou te contar... eu vou te ensinar tudo...
O que eu aprendi com os gatos!

O que você faria se a sua gatinha decidisse ir passear nas estrelas? Nina foi, mas está demorando muito a voltar. Será que ela se perdeu? Ou será que gostou tanto do céu que resolveu não voltar nunca mais? Descubra lendo Eternidade, a fantástica viagem de Nina.









Olá Eliana. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
O livro "O que aprendi com os Gatos" compõe-se de frases, pensamentos e poemas cujo foco central são os gatos. As frases não são minhas; são frases de domínio público ou de autores desconhecidos. Algumas são citações de autores conhecidos, com o devido crédito. As Trovas e o acróstico são meus.
A ideia de escrever esse livro surgiu em virtude do pedido de várias crianças que leram meu livro anterior (Eternidade, a fantástica viagem de Nina) e me pediram que falasse mais sobre gatos. Decidi então fazer uma pesquisa sobre gatos e assim surgiu o livro.
O público alvo é amplo. Preferencialmente destina-se a crianças de seis a doze anos, porém, em face de seus profundos conceitos filosóficos, atingirá com toda a certeza adultos de todas as idades.
Eternidade é a história de uma gatinha que amava tanto as estrelas que um dia decidiu ir vê-las de perto.
A ideia surgiu a partir de um poema que eu escrevi no dia da viagem de Nina para as estrelas. Um amigo leu o poema e sugeriu que eu escrevesse a história.
O público alvo desse livro seria composto de crianças de seis a doze anos de idade. Porém tenho tido grande procura de adultos que desejam lê-lo e conhecer a história de Nina. Portanto, ouso dizer que o público desse livro vai de seis a noventa anos!

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Sou poeta e tenho dois livros de poesias publicados:
Poemas na noite – Lançado em 2014 no Rio de Janeiro e também na 23ª Bienal Internacional do Livro, em São Paulo.
Mágoas Guardadas – Lançado em 2016 no Rio de Janeiro.
Escrevi também dois livros infantis, que serão lançados na 24ª Bienal Internacional do Livro, em São Paulo, que são:
Eternidade – a fantástica viagem de Nina (lançado em 2015 no Rio de Janeiro)
O que eu aprendi com os gatos.
Sim, tenho planos futuros sim e um deles é escrever um livro de poesias para crianças.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Infelizmente, depois do advento da Internet, o hábito de ler bons livros ficou para segundo plano. Quando se trata de poesia, isso é ainda mais grave. Não raro ouço pessoas dizerem que não gostam de poesia. Em vista disso, somente os autores conhecidos e bem conceituados conseguem espaço nesse mercado restrito. Ocorre também que as editoras não têm interesse em editar livros de escritores principiantes, os quais são obrigados a arcar com os custos da edição de seus livros, se quiserem publicá-los.
Penso que deveríamos incentivar mais as crianças a cultivarem o hábito da leitura e o gosto pela poesia. Pretendo realizar um trabalho junto a crianças de baixa renda, onde estarei doando livros e visitando escolas, fazendo palestras e roda de poesia com as crianças, inclusive motivando-as a apresentar seus trabalhos. Conheço algumas crianças que já escrevem poesias e vejo a urgente necessidade de incentivar os nossos futuros escritores e poetas.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Fui ao lançamento do livro de uma amiga poeta. Comprei o livro, gostei do trabalho da editora e resolvi trabalhar com a mesma.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Sim, merece. O QUE EU APRENDI COM OS GATOS é uma coletânea de conceitos importantes sobre gatos, verdadeiro aprendizado para quem deseja conhecer um pouco da apaixonante personalidade desse fantástico animalzinho. Quem ler esse livro vai se apaixonar por gatos!
Sim! Todo livro merece ser lido e Eternidade - a fantástica viagem de Nina, particularmente merece a atenção dos leitores, por contar a história de uma gatinha sonhadora e sensível, que amava a vida e a natureza. É comovente lembrar como ela ficava à noite na janela a admirar as estrelas e a lua. Esse livro tem emocionado crianças e adultos, poetas ou não.
Quero dizer aos meus leitores de todas as idades, que é muito importante dedicar amor e cuidados aos animais. Como dizia o nosso Chico Xavier, somos para os animais os protetores que os anjos são para nós. Portanto, o que eles esperam de nós é exatamente o que pedimos diariamente ao nosso anjo guardião: proteção, cuidados e amor!

Obrigado pela sua participação.

Um comentário:

  1. Agradeço à Maria Cristina Andersen pela gentileza da entrevista.

    ResponderExcluir