sábado, 22 de outubro de 2016

Entrevista com Zionel Santana - Autor de: O QUE É O NADA?

É doutor em Filosofia pela Universidade Gama Filho - RJ. Mestre em Educação pela Universidade Vale do Rio Verde, Três Corações - MG. Graduado em Filosofia pelo Centro Educacional de Brusque, SC e Administração pelo Centro Universitário do Sul de Minas. Professor de EAD na Unincor/Três Corações, com a disciplina Desenvolvimento do Pensamento Filosófico, participa dos projetos de pesquisa do mestrado e doutorado da Unincor, na linha de pesquisa e formação de professor e ação docente.

O presente livro evidencia, finalmente, a relação estabelecida por Heidegger entre o estar suspenso dentro do nada e a possibilidade da liberdade. É o fato de se manter, previamente, suspenso dentro do nada que permite ao ser-aí humano a possibilidade de transcender. Neste transcender o ser-aí humano pode estabelecer uma relação com o ente, bem como, consigo mesmo, na medida em que ele é, também, um ente. Portanto, a liberdade é pensada como uma possibilidade dada ao dasein (ser-aí) que se encontra suspenso dentro do nada, uma vez que ele pode superar, transcender. O nada é, também, possibilidade...

Olá Zionel. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
O livro aborda sobre a questão existencial, a partir da filosofia de Martin Heidegger. As nossas escolhas constituem o nosso projeto existencial. O livro é fruto de um amadurecimento de leituras realizadas no mestrado em 2000. As nossas escolhas são sempre possibilidades que revisitamos todos os dias. Assim, o livro é um convite a todos que pretendem aprofundar em seu projeto existencial.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
A minha formação é em filosofia com doutorado. Sou professor há 28 anos. Esse é o meu segundo livro. O primeiro eu lancei em outra editora. Mas, pretendo lança um terceiro livro, para ano de 2017. Todos os livros abordam reflexões filosóficas.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
É sempre um desafio! Enfrentamos todos os dias as dificuldades impostas pelo mercado e a cultura da não valorização da leitura. Sobrevivemos a tudo isto, pelo amor que temos a arte de escrever e mais ainda, a alegria de partilhar os nossos textos.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
O meu encontro com a Scortecci Editora foi uma pesquisa realizada na internet. Buscando editora para a publicação do meu livro.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Nós somos um projeto em constante construção. Revisitamos esse projeto todos os dia. Somos um "ser-projeto" existencial. A leitura do livro no leva a essas reflexões. Portanto, a liberdade é pensada como uma possibilidade dada ao dasein (ser-aí) que se encontra suspenso dentro do nada, uma vez que ele pode superar, transcender. O nada é, também, possibilidade...

Obrigado pela sua participação.


Nenhum comentário:

Postar um comentário