segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Entrevista com Plinio Garcia - Autor de: FAÇA ALGO POR VOCÊ

Nascido em Guarulhos – SP. Formou-se em Psicologia pela Universidade Braz Cubas – Mogi das Cruzes – SP. Por mais de 12 anos realizou atendimento psicológico a pacientes portadores de HIV/Aids, no Ambulatório de Infectologia de Jacareí – SP, o que lhe possibilitou escrever seu primeiro livro O lado positivo da Aids. Trabalha atualmente em Unidade Básica de Saúde, da rede pública de saúde do município de Jacareí – SP, onde atende crianças, adolescentes e adultos. Atua como voluntário junto ao Projeto “Doutores Coloridos”, realizando visitas a hospitais, como palhaço de hospital. Como psicólogo, acredita que o ser humano é capaz de mudar, de se transmutar, melhorar-se e evoluir, por isso sempre aconselha a seus pacientes: FAÇA ALGO POR VOCÊ.

Com o objetivo de gerar uma outra forma de ajuda, em que o autor não possa estar presente, ou oferecer outra possibilidade de acesso, surgiu a ideia deste livro, com o propósito de levar palavras de entusiasmo, incentivo, consolo, compreensão e entendimento aos leitores que passam por tribulações emocionais de todos os tipos. 

Atendendo pacientes diariamente com queixas variadas, propus-me a escrever sobre as mais frequentes e comuns, com a intenção de ajudar àqueles que possam passar pelas mesmas situações; incentivar aqueles que já passaram por problemas de ordem emocional, afetiva e psicológica; servir de prevenção, através da autoajuda, para que o paciente possa recorrer aos seus próprios recursos interiores a fim de se desvencilhar de tais problemas e, quando necessário, buscar ajuda de um profissional da saúde. Acredito que Deus coloca dentro de cada um recursos indispensáveis e disponíveis para nos autoajudar, basta para isso fazer a nossa parte, buscar esses recursos e utilizá-los da melhor forma possível, para alcançar o nosso Equilíbrio.

Olá Plinio. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
Trata-se de um livro de autoajuda, autoestima e motivação. A ideia de escrevê-lo surgiu pelo fato de eu ser psicólogo e de ser uma outra forma de ajudar ao paciente. O livro se destina a todos aqueles que querem se ajudar, se conhecer e buscar um equilíbrio emocional e psicológico.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Este é meu segundo livro, antes deste escrevi um livro chamado O LADO POSITIVO DA AIDS, quando trabalhei com portadores de HIV/AIDS por mais de 15 anos.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Ainda percebo que o brasileiro não tem o hábito da leitura, fica difícil de motivar e incentivar o indivíduo gosta de ler e aí pode gerar uma desmotivação ao escritor de criar novas obras.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Conheci a Scortecci através de uma amiga.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Sim. O meu livro merece ser lido, por se tratar de uma obra de autoajuda, motivação e autoestima, recursos esses tão necessários nos dias de hoje. Desejo que meu livro se torne cada vez mais acessível e uma ferramenta de ajuda aos paciente necessitados de um resgate de sua autoestima!

Obrigado pela sua participação.


Foto da Bienal 2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário