segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Entrevista com Edvaldo Araújo dos Reis - Autor de: TEIAS DA VIDA

Conhecido como Edinho Reis, nasceu na cidade de Ribeira do Pombal, interior da Bahia, no dia 30 de dezembro de 1982. Vivendo, até dar prosseguimento aos seus estudos, no povoado Boca da Mata.
Filho do senhor José Evandro, carpinteiro e analfabeto, e da senhora Carmelita, ensino fundamental incompleto, viveu rodeado de irmãos, seis, numa família bastante unida.
Desde cedo, já demonstrava familiaridade pelas artes, ao pintar alguns quadros, na sua adolescência.
No ano de 1998, iniciou o Ensino Médio, apurando mais o gosto pela área de exatas, em especial Matemática, concluindo-o em 2000. Um ano após, surgiu o gosto, inusitado, pela escrita, e começou a escrever um romance policial, que se perdeu com o tempo.
Em 2004, ingressou na Universidade Federal de Sergipe, no curso de Matemática Licenciatura Plena. Dois anos depois, foi tocado novamente pela arte, agora compondo músicas. E, um pouco mais tarde, pelas artes cênicas, com atuações em peças teatrais naquela Instituição. Era um aluno dedicado e sempre se destacava. Nesse mesmo ano, iniciou-se a escrita deste livro.
Concluiu, em 2009, a sua graduação, pouco mais de um ano após a morte de seu pai, e retornou para sua cidade natal, respirando novamente o ar puro do povoado de origem.
Foi aprovado num concurso do Estado da Bahia para ministrar aulas de Matemática, em 2011. Ingressou no Mestrado Profissional em Matemática, também naquele ano, na Universidade onde concluiu sua faculdade, obtendo o título de Mestre em Matemática, em 2013.
Desde então, Edvaldo ministra aulas na rede estadual, na Bahia, e destaca-se como professor, escritor, ator, cantor e pintor, sendo esta, a sua primeira obra publicada.

Inspirado em acontecimentos que, para muitos, são ditos como acasos, este romance tenta mostrar que há uma força maior capaz de unir pessoas, principalmente através de pequenos detalhes que, às vezes, passam despercebidos.
Eduardo, um estudante de Física da Universidade Federal da Bahia, rapaz humilde, cheio de sonhos e fascinado pelo espaço, não tinha ideia de que um simples esbarrão poderia mudar completamente a sua vida.
Teias da vida – o regresso narra um romance repleto de ambições, intrigas e vingança, desencadeado após a morte de um ente querido de Eduardo. 
Aos poucos, as personagens vão percebendo a existência de um entrelaçamento entre o passado e o presente, com as revelações que, ao longo da trama, são desvendadas. Compreendem a existência do amor puro e que ele está acima de tudo. Entendem, de alguma forma, que os acasos vão tornando-se providências e tudo faz parte da grande teia da vida.
Através de uma narrativa simples, o leitor é surpreendido, a cada momento, com essas revelações, sendo levado a um singular e extemporâneo final.

Olá Edvaldo. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
Teias da Vida – o regresso é a primeira parte da trilogia, Teias da Vida. Nesse primeiro livro, que se passa em 1999, mas que haverá um futuro, pode-se perceber a existência do amor puro, através das várias formas de amar: amor entre casais, entre irmãos, entre pais e filhos, entre amigos... Ele dá ênfase aos valores morais e humanos do ser, através das diversas personagens. À medida que o leitor vai adentrando-se no livro, percebe que há uma entrelaçamento entre o passado e o presente, como teias, sendo surpreendido, a todo momento, com as revelações desvendadas ao longo da trama. Aborda a questão amorosa, espiritual, humana, social, religiosa e cultural.
Eu Comecei a escrevê-lo em 2006, partindo de inspirações que, sinceramente, não consigo descrevê-las. Elas surgiram em minha mente, e, a princípio, não possuíam uma história completa; esta foi surgindo a cada letra que eu redigia.
É destinado a todos os públicos que queiram desfrutar de um linguagem simples, com um enredo sedutor, através de personagens marcantes, e com um final surpreendente.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Sou Mestre em Matemática, apaixonado pela área de exatas. Contudo, desde cedo, a arte encantava-me com a sua beleza, em todos os sentidos. Já desenhei, cantei, escrevi poemas e canções, nada publicado, apenas alguns guardados num caderninho de adolescente...
Esse livro torna-se um sonho realizado, mas não o único, o primeiro de muitos que virão. Pois, quando o ser é tocado pela arte de escrever, as palavras cruzam-se na mente, como vários anagramas, e vão formando personagens, ambientes e belas histórias, tornando-o o senhor dos seus mundos.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Eu penso que escrever está além de atingir a todos, ou somente a alguns. Escrever é prazer, é conforto, é valorização do ser. Não se escreve por que será lido por todos, escreve-se para tocar o coração dos que leem, escreve-se para ensinar o leitor. E a alegria maior do escritor é ouvir: Obrigado! Eu aprendi!. E esse aprendizado fixa-se à alma. O importante é semear.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Através de inúmeras pesquisas, e por indicação de um autor que publicou com vocês. É válido ressaltar, ainda, que nem todas as editoras dão oportunidades aos escritores iniciantes. Agradeço ao Grupo Editorial Scortecci pela oportunidade.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Eu acredito que quem decide o que deve ser lido ou não é o leitor. Sabemos que existem listas para tudo: locais para visitar, vinhos para degustar, comidas para provar... e também livros para ler.
O meu livro merece ser lido porque pode se tornar um local para visitar, um vinho para degustar e, até, uma comida para provar. Compreendo que nem todo leitor estará disposto a lê-lo, mas ele deve entender que, assim como muitas vezes as pessoas possam estar cansadas de muitas leituras por aí, uma hora descobrirão aquele livro predileto, o que te faz pedir mais, querer saber o que acontecerá folha após folha... Aquele livro que seja lido com o coração. Como dizia Hermann Hesse, ler um livro é para o bom leitor conhecer a pessoa e o modo de pensar de alguém que lhe é estranho. É procurar conhecê-lo e, sempre que possível, fazer dele um amigo.
Assim como eu digo, nesse livro, que o amor tem o poder de transformar o silêncio, o livro tem o poder de expressar o silêncio através de palavras.

Obrigado pela sua participação.

15 comentários:

  1. Excelente livro!
    Parabéns aos envolvidos!
    Com certeza comprarei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado!Espero que goste da leitura. Saudações literárias.

      Excluir
  2. Já comprei o meu, esperando ansiosa para ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Fico muito feliz! Saudações literárias.

      Excluir
  3. adorei a capa e a sinopse, vou comprar um.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Tenha uma excelente leitura. Saudações literárias.

      Excluir
  4. Amigo parabéns por mais uma vonquista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, meu amigo, ou minha amiga! Pena não se identificou. Saudações literárias.

      Excluir
  5. A sinopse e a capa estão muito boas. Vou comprar sim! Parabéns aos responsáveis! o final, "... tudo faz parte da grande teia da vida.", isso é magnifico! Espero que atinja as minhas expectativas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Eu também espero que atinja as suas expectativas! Saudações literárias.

      Excluir
  6. Muito boa a Entrevista! Citar Herman Hesse, me conquistou! Parabéns! Muito sucesso, Edvaldo! Estou curiosa para ler.

    ResponderExcluir
  7. Gostei! Sou uma traça de livros. Verei se encontro seu livro para comprar, moro no Rio de Janeiro. Soube do lançamento por intermédio de meus familiares de Boca da Mata e Pombal. Boa sorte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Minha conterrânea! Espero que tenha uma excelente leitura e que esse livro possa contribuir, sempre mais, para a sua evolução. Muito obrigado! Abaixo segue o link para a compra:
      http://www.asabeca.com.br/detalhes.php?prod=8023&friurl=_-TEIAS-DA-VIDA---O-REGRESSO--Edvaldo-Araujo-dos-Reis-_&kb=958#.WKi5T9IrLcc

      Excluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir