sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Entrevista com Itamar Moreira - Autor de: O TRABALHO INFANTIL NA CIDADE DE SÃO PAULO

Nasceu em Poções (BA), em  07 de agosto de 1972, paulistano de coração. É Pedagogo formado pela Universidade Paulista. Desde 1994 vem atuando em organizações da sociedade civil,  em especial no distrito do jardim Ângela onde praticamente nasceu, cresceu e reside atualmente. Iniciou seus trabalhos na área de habitação (programa de Mananciais), identificando áreas de risco que efetivavam as obras para urbanização da bacia da Guarapiranga, o que beneficiou diversas famílias residentes nos bairros jardim Kagohara, Jardim Santa Lúcia, Jardim Planalto e imediações. No decorrer de sua vida adquiriu experiências, o que o levou a trabalhar na elaboração, execução e conclusão de diversos projetos, programas e serviços nas mais diversas áreas: Educação, Assistência Social, Esporte, Cultura e Lazer. Em meados do ano 2000, com o intuito de diminuir o índice de violência no Distrito do Jardim Ângela, local declarado pela ONU como um dos locais mais violentos do mundo, e amado por ele, teve trabalho árduo e intenso desenvolvido com os jovens, frutificando em reconhecimento não só da comunidade local, como das mais diversas regiões da cidade, sendo alvo de vários convites para trabalhar em outras regiões. Em 2004 recebeu voto de jubilo, da Câmara Municipal de São Paulo, pelas ações desenvolvidas no distrito do Jardim Ângela, e em 2005 foi homenageado com o Prêmio Milton Santos – vencedor por apresentar o Projeto Festival de Dança. Descontente com a desigualdade social manifestada em nosso País, e, principalmente, na cidade que o adotou de braços abertos, em 2006 passou para o desenvolvimento de projetos na área da Assistência Social, com foco principalmente nos menos favorecidos como a população em situação de rua, vitimada pela falta da efetivação de seus direitos perante a sociedade, sempre com um olhar e imenso carinho pelas crianças e adolescentes, e principalmente as que realizavam trabalho infantil, que ocasionou a aplicação de uma pesquisa que efetivou a realização de um antigo sonho: essa publicação.


A presente publicação aborda experiências e pesquisas realizadas durante o ano de 2008. 
Para o desenvolvimento deste trabalho foi necessário reunir um conjunto de experiências realizadas nas ruas, nas comunidades e de visitas domiciliares, que nos levaram à obtenção de resultados precisos e eficazes.
Esta publicação é, portanto, norte de conhecimento obtido por meio de ações conjuntas, ações intersetoriais comunitárias que provam que o trabalho compartilhado entre saúde, segurança, educação, assistência social, e entre outras são caminhos para excelência na realização, não só do trabalho infantil, mas em ações onde se possa planejar e integrar as famílias em sua comunidade, para que amanhã não tenhamos que nos preocupar com outras piores formas ou degradantes situações.

Olá Itamar. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
Pesquisa sobre o trabalho infantil, perfil da situação e espaços utilizados.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
É o primeiro livro de muitos.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Muito difícil, realmente não se pode sobreviver como escritor no Brasil.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Na verdade não me recordo, mas gosto muito desta editora.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Na verdade além de ter uma pesquisa ampla de quem são as crianças e adolescentes, onde estão e a pratica que realizam o trabalho,o livro também demonstra que ações comunitárias relevantes podem minimizar a situação.

Obrigado pela sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário