segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Entrevista com Márcia C. Sigwalt Valeixo - Autora de: MAGGIE - UM AMOR SEM RESERVAS

Márcia C. Sigwalt Valeixo
Nascida na cidade de Curitiba-PR-Brasil, formou-se em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná-PUC-PR. Em 2003, ingressou na Advocacia-Geral da União, no cargo de Procuradora Federal, o qual exerce até hoje. No ano de 2013, licenciou-se do cargo por dois anos para acompanhar seu cônjuge em missão oficial no exterior, oportunidade durante a qual escreveu o livro Maggie – um amor sem reservas, que conta a história de sua fiel companheira Maggie, uma cadela da raça Weimaraner. A narrativa descreve a trajetória da relação entre Márcia e Maggie desde que esta era uma filhote até a sua idade adulta. Como prova de seu afeto, não só em relação a Maggie, mas por todos os peludos, a renda arrecadada com a venda deste livro será integralmente revertida para ajudar animais em situação de abandono. Atualmente, Márcia reside em Brasília-DF-Brasil com seu marido, Mauricio Leite Valeixo, e Maggie.

Maggie - um amor sem reservas
Maggie – um amor sem reservas conta a história de Maggie, uma cadela da raça Weimaraner. Quando filhote, Maggie era dotada de uma energia transbordante, o que culminava em incorrigíveis e doces travessuras. Cavava buracos e abria verdadeiras crateras pelo jardim, comia plantas, destruía ralos do quintal e de seu próprio canil, obrigando sua tutora a procurar ajuda profissional para adestrar essa peluda indisciplinada. 
Seu nome de batismo “Gipsy Woman” (mulher cigana) não foi em vão: nascida no Rio Grande do Sul, seguiu viagem para Curitiba-PR aos 7 meses de idade para viver com seus amigos humanos. Passados alguns anos, por questão profissional de seus tutores, mudou-se para a capital do país, Brasília-DF, viajando de avião e de carro, passando por outros estados brasileiros. Aos seus oito anos de idade, atravessou o Atlântico para desembarcar nos Estados Unidos da América, na cidade de Rockville-MD-USA, região de Washington DC. Em sua trajetória nacional e internacional, viveu alegrias, aventuras, descobertas, desafios e dificuldades de saúde, cruzando seu caminho com o de veterinários e amigos que fizeram diferença em sua vida. Experimentou os benefícios da homeopatia, da acupuntura, hábitos de vida mais saudáveis, especialmente na alimentação e prática de exercícios físicos. Descobriu novos horizontes através de seu olfato aguçado, fez amigos e deixou marcas no coração de muitos que pas saram por sua vida. Ensinou à sua tutora o conceito do amor sem reservas, incondicional, sem preconceitos; o conceito de amizade, lealdade e fidelidade; comprovou a sensibilidade e inteligência dos cães através de suas atitudes. 

Olá Márcia. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
O livro relata a história de Maggie, uma cadela da raça Weimaraner, que quando filhote deu muito trabalho com suas doces travessuras, obrigando-me a contar com a ajuda profissional de um adestrador. Relato sua trajetória desde filhote até a idade madura repleta de traquinagens, descobertas, desafios, aventuras nacionais e internacionais por conta de mudanças de domicílios. Em sua jornada, cruzou seu caminho com o de veterinários e amigos que fizeram diferença em sua vida, deixando marcas em seus corações. Ensinou-me com maestria o conceito do amor sem reservas, incondicional, sem preconceitos, o conceito de amizade, lealdade e fidelidade, comprovou-me a sensibilidade e a inteligência dos cães através de suas atitudes.
A ideia de escrever o livro surgiu da vontade de colocar no papel todas as encantadoras e divertidas histórias vividas com Maggie, além de suas lições de vida que mudaram significativamente meu modo de ver o mundo e as pessoas ao meu redor. A partir do momento que passei a observá-la em suas atitudes, compreendi que a razão da felicidade dos cães está exatamente no fato de não darem importância a fatos pretéritos, nem sequer anteciparem o futuro, razão pela qual, vivenciam o presente de forma plena, experimentando momentos de verdadeira felicidade.
Maggie – um amor sem reservas é um livro destinado a todos, independentemente da idade, que admiram, amam e respeitam os animais.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Espero que seja apenas o primeiro livro de muitos outros que estarão por vir. Eu tenho alguns outros projetos e ideias a desenvolver. Penso em escrever sobre as minhas experiências vivenciadas fora da minha cidade natal, as dificuldades e desafios inerentes a este processo, bagagem cultural e social adquiridas, diferenças culturais em questão, o poder de aceitação no processo da mudança. Além de todo este contexto, após vencidas as primeiras dificuldades, num segundo momento, escreveria sobre as belezas e encantamentos destes locais, com dicas culturais, gastronômicas, de passeios e viagens tanto nacionais como internacionais.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
É lamentável vivermos num país, onde a leitura é pouco valorizada. Acredito que esta situação possa ser modificada, ao longo dos anos, se iniciarmos um processo de incentivo à leitura tanto nas escolas como nos lares, através dos educadores, pais e outros meios de comunicação, como a própria televisão com programas educativos e interativos que chamem a atenção do público infantil e juvenil para o hábito da leitura com jogos de perguntas e respostas sobre livros e encenações cênicas que despertem a curiosidade.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Eu soube do brilhante trabalho da Scortecci, através de pesquisas relacionadas na internet. Fiquei admirada com a qualidade da editora, seus profissionais, excelente atendimento e qualidade dos livros.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Acredito que meu livro mereça ser lido não apenas por pessoas que gostam de animais, mas também por aqueles que nunca tiveram a grata experiência de ter um cão ao seu lado.
Este livro é dedicado a todos os nossos amados companheiros caninos, que fazem a diferença neste mundo tão carente de amor, afeto, solidariedade, compaixão, amizade, respeito e lealdade; atributos que nossos amigos peludos possuem e sabem muito bem como expressá-los. Eles nos ensinam verdadeiras lições de vida. Não guardam mágoa, rancor, desconhecem a inveja, a ganância e a cobiça. Se pararmos para pensar, temos em nossos cães verdadeiras lições de Deus, que devem ser admiradas e perpetuadas.
Enfim, como prova do meu afeto, gratidão e reconhecimento, a renda arrecadada com a venda deste livro na parte que me compete, na qualidade de autora, será revertida para ajudar animais em situação de abandono.

Obrigado pela sua participação.

2 comentários:

  1. Respingos de esperança para um mundo melhor; viva a inocência e a pureza dos animais!

    ResponderExcluir
  2. Legal! Também tenho e adoooro o meu cachorrinho

    ResponderExcluir