segunda-feira, 12 de junho de 2017

Entrevista com Alex Gomes - Autor de: GUIA DO CICLISTA URBANO

Nome literário de Alex Gomes Peixoto, 38 anos, é mestre em estética e história da arte pela Universidade de São Paulo com a dissertação Narrativas visuais: os ciclistas de Iberê Camargo, na qual analisa a série de pinturas Ciclistas da redenção do pintor gaúcho tendo por base as pesquisas sobre o ofício do narrador de Walter Benjamin. Desde 2015 é editor do blog São Paulo na bike no jornal O Estado de São Paulo e também é um dos coordenadores do coletivo Bike Zona Sul, que promove o uso da bicicleta nas vertentes lazer, mobilidade urbana e turismo no sul da capital.


A cada dia mais pessoas decidem utilizar a bicicleta como meio de transporte nas grandes capitais. Em São Paulo, o número de ciclistas que pedalam todos os dias cresceu 50% entre 2013 e 2014, reflexo de uma tendência que ocorre não somente nas capitais brasileiras como também em diversas grandes cidades mundiais. Para auxiliar os novos ciclistas e também aqueles que já pedalam nas cidades a Scortecci Editora lança o Guia do Ciclista Urbano, escrito pelo ciclista Alex Gomes, editor do blog São Paulo na bike do jornal O Estado de S. Paulo. Na obra poderão ser encontradas desde dicas para escolher a bike mais adequada ao seu perfil até orientações de como enfrentar o trânsito em grandes cidades. Nela o ciclista também aprenderá a fazer sozinho alguns consertos básicos e entenderá como funciona a estrutura cicloviária da cidade, com suas ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas. Em linguagem simples e objetiva ricamente ilustrado, o Guia do Ciclista Urbano possibilita ao leitor compreender rapidamente os princípios básicos sobre o funcionamento da bicicleta e como circular nas cidades. E até mesmo quem não tem bike pode aproveitar o livro, pois apresenta a relação das cidades brasileiras que contam com o serviço de bicicletas compartilhadas e suas regras de uso.

Olá Alex. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.


Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
É um guia voltado ao iniciante ou quem deseja começar a pedalar pelas ruas das cidades. Desde 2008 utilizo a bicicleta como meio de transporte e sempre me deparei com amigos e conhecidos com muitas dúvidas sobre o universo da bicicleta. Trabalho com mobilização e apoio aos ciclistas desde 2014 e senti que era hora de preparar uma publicação mais sistematizada para ajudar as pessoas.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Desejo continuar a produzir obras voltadas ao público ciclista, como por exemplo famílias. Sou pai e sinto que pedalar com uma criança é uma experiência ímpar. Quero falar dessa experiência.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Talvez com a fragmentação das comunicações atualmente, e também do excesso de informações, acho que o trabalho do escritor se faz mais necessário, pois pode dar um norte, um rumo para as pessoas. Talvez ainda demore bastante tempo para que a leitura, não só dos livros mas de outras mídias, seja incentivada de forma mais séria, porém sempre haverá espaço para bons textos.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Sou editor do blog São Paulo na bike, no jornal o Estado de S. Paulo. Por meio de uma publicação que fiz sobre o projeto Bicicloteca, em que um ciclista leva livros para moradores de rua, fui contatado pelo João Scortecci. Daí, durante a conversa, surgiu a ideia de produzir uma publicação para o público ciclista.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Espero que meu livro mereça a confiança dos leitores que se disporem a procurá-lo. Longe de ser uma obra dogmática, o Guia do Ciclista Urbano é uma contribuição a rica discussão que já acontece nas cidades sobre a importância do uso da bicicleta como meio de transporte, lazer e turismo. Que meus leitores possam encontrar em meu livro um apoio necessário para explorarem esse fantástico universo da bicicleta.

Obrigado pela sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário