terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Entrevista com Fabiano Lobo - Autor de: O ETERNO CORAÇÃO DE LOBO

É essa e mais uma infinidade de pessoas, como se tivesse vivido várias outras vidas. Fabiano Marcondes Sales com a família. Paramesh com o pessoal do Yoga. Apenas Lobo para os amigos e conhecidos. É Profissional de Educação Física e atua com Musculação, Pilates e Yoga na cidade de Lavras, MG. Buscava se encaixar na sociedade e um dia descobriu a arte. Durante a adolescência e início da fase adulta escapou várias vezes da realidade utilizando o desenho, a leitura, a poesia e o Role Playing Game. Tudo isso ajudou a passar por momentos nos quais não se encontrava e não se aceitava. Com a publicação desse e de outros livros previstos (de ficção), busca mostrar para as pessoas que elas podem escapar de problemas c omo ansiedade e depressão, e que podem buscar a cura dentro de si mesmas através da arte e aceitação. Mais tarde descobriu o Yoga e hoje segue uma vida tranquila e equilibrada graças a tudo o que já passou pra chegar até aqui.

As pessoas buscam eternamente pela felicidade em bens materiais ou momentos e sensações, e, com isso, deixam passar e ficam pensando que poderiam ser felizes se estivessem em outra situação. Isso gera ansiedade por um futuro melhor ou depressão pelas escolhas erradas que fizemos no passado. O que não conseguimos entender é que a vida é AGORA, e só agora é o momento em que podemos muda-la e aceitar aquilo que aconteceu. Várias vezes observei as pessoas querendo mudar algo em suas vidas, mas não condizendo seus atos, palavras e pensamentos com aquilo que querem. Esse livro é um sonho que sonhei em conjunto com algumas pessoas e por isso dei o nome de Eterno Coração de Lobo, por causa do espírito de matilha, respeito e companheirismo que esses animais tem, mas acima de tudo, é resultado de algo que sonhei comigo mesmo e meus problemas, não-aceitações, dúvidas (muitas!) e indecisões. Esse livro é resultado de uma vida de reflexões, pensamentos, buscas e sonhos, realizados ou não, mas que serviram para impulsionar-me para continuar trilhando esse difícil caminho que é VIVER a própria vida nos dias atuais.
Emocione-se. Sorria. Reflita. Ou apenas Leia. Mas espero que possa acrescentar algo em sua vida com essas humildes palavras!

Olá Leonardo. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
O Eterno Coração de Lobo é um livro de poesias e poemas, escrito entre 2007 e 2017, contendo textos escritos em momentos de inspiração e momentos de tristeza, que me ajudaram a superar vários problemas pessoais pelos quais passei com a chegada da vida adulta e o impacto do mundo sobre meus pensamentos e ilusões. A obra se destina ao público em geral amante ou não de poesia. Qualquer pessoa, alfabetizada ou não, pode usufruir da magia das palavras rimadas e com reflexões acerca da vida, das situações comuns às pessoas e do mundo atual, portanto, esse livro é destinado ao público em geral.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
A ideia de publicar o primeiro livro de poesias veio da quantidade de material acumulado nesses 1 0 anos e a ideia de se fazer um apelo social para uma casa de apoio ao paciente oncológico da minha cidade. Acabo de publicar meu primeiro livro de ficção pelo sistema Kindle do Amazon. O título é Terra 2 - Nos Limites do Universo. O livro é uma história de ficção científica. Outras ideias vêm surgindo ao longo dos anos e aos poucos vou trabalhando nelas, apesar de todas as outras obrigações acadêmicas (faço Mestrado em Ciências da Saúde) e profissionais (sou Profissional de Educação Física, professor de Yoga e Pilates), aos poucos vou colocando no papel obras de ficção científica, fantasia medieval e suspense e mistério, que pretendo ir desenvolvendo ao longo dos anos, participando de eventos e concursos literários para promover meu nome nesse meio. Sim. A ideia é publicar vários outros livros com temáticas diversificadas, visando entrar realmente nesse mundo!

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
É como a vida! Não só a vida de escritor é difícil nesse país. Um lugar onde nada que faz bem é motivado e incentivado, como a própria atividade física e hábitos alimentares saudáveis. O país não incentiva a leitura, pois não é relevante para os governantes. Os próprios leitores têm um pouco de preconceito com autores nacionais e tenho noção disso ao ver e conversar com outros escritores. A vida como é no país não permite momentos de lazer e leitura. Tudo o que é incentivado são festas, bebidas e o consumo alimentar excessivo. A cultura vem ganhando destaque nos locais onde ela é trabalhada, mas sempre num ritmo lento. Acho que o mercado não é algo fácil de ser conquistado e sei que o caminho do escritor deve ser trilhado com cautela e perseverança. A caminhada é longa e, como tudo na vida, é algo que deve ser trabalhado aos poucos e com paciência. Com continuidade e garra, é um campo ainda a ser desbravado, pois existem muitos grupos de leitores e escritores isolados pelo país, que não sabem a força que possuem em incentivar a entrada nesse mundo de fantasia e diversão, além de ser algo extremamente motivante e que nos ajuda a continuar vivendo num mundo onde as esperanças de crescimento e realização de sonhos são cada vez mais escassas. Sempre pensei que, para ter uma mudança em algo, precisamos entrar naquilo e fazer acontecer, e essa é a visão com a qual entro no mundo da literatura no Brasil. Desbravar, inspirar, comemorar cada vitória. Só assim veremos essa grande parcela de brasileiros aumentar cada vez mais.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Sempre participei de grupos on-line de escritores, poetas, artistas em geral. Numa das postagens, acabei assinando a newsletter da editora e acompanhei durante vários anos os trabalhos publicados pela Scortecci. No dia em que resolvi publicar minha obra, verifiquei o que a editora oferecia e ela se encaixou perfeitamente no que eu estava pensando para esse momento da minha vida.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Como comentei anteriormente, a ideia de lançar o livro tem uma proposta social, pois em minha cidade existe uma casa de apoio ao paciente oncológico chamada Lar Esperança e Vida Mateus Loureiro Ticle. Metade da renda arrecadada com as vendas da primeira edição do meu livro será destinada a essa entidade filantrópica, e isso já é um bom motivo para o livro ser lido! Quanto ao conteúdo, nele busco inspirar as pessoas a lerem e escreverem. Durante a minha vida, passei pelos problemas que todos os jovens passam e acabei encontrando na escrita uma espécie de válvula de escape que me ajudou a continuar lutando e buscando meus sonhos. A escrita foi para mim uma forma de se livrar de sentimentos e pensamentos depressivos e enxerguei aqui uma oportunidade de me destacar na sociedade, ao mesmo tempo em que minha história podia inspirar outras pessoas a fazerem o mesmo. A ideia de publicar esse livro é mostrar que, se eu consegui, outros também podem. Inspire é a palavra que me guia todos os dias. Inspire alguém a sonhar e a realizar seus sonhos. Inspire alguém a continuar vivendo e buscando ser feliz. Inspire alguém a estar presente e a aproveitar a vida como um todo, apesar das dificuldades. Meu livro deve ser lido por causa disso! :D.

Obrigado pela sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário