domingo, 5 de agosto de 2018

Entrevista com Meire Marion - Autora de: CHARLIE THE FISH

Meire Marion
She has been an English teacher in Brazil since 1982 when she returned from the USA after having lived there for eleven years. Besides teaching, she loves writing, reading, cooking, painting and cats.
Nome literário de Meire de Jesus Marion.
Ela é professora de inglês no Brasil desde 1982, quando voltou dos EUA depois de ter vivido lá por onze anos. Além de ensinar, ela adora escrever, ler, cozinhar, pintar e gatos.




In an incredible place filled with diversity, Charlie is a friendly fish who is lonely due to his size. Find out how he ends up turning his worst enemy into a friend.
Em um lugar incrível cheio de diversidade, Charlie é um peixe amigável que é solitário devido ao seu tamanho. Descubra como ele acaba transformando seu pior inimigo em amigo.





Olá Meire. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
O livro Charlie The Fish é uma história de superação de um peixe grande que luta para ter um amigo.
A história nasceu enquanto eu observava o aquário da escola onde leciono. Observava, tirava uma foto com o celular e assim os personagens e o enredo foram nascendo, junto com muitas fotos.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Desde 1982 sou professora de inglês aqui no Brasil. Vive nos EUA do pré-primário até o segundo ano do ensino médio, quando meus pais retornaram para o Brasil. Além de estar na sala de aula com meus alunos, gosto de escrever, ler, pintar, cozinhar e gatos. 
Charlie the Fish é meu primeiro livro, o primeiro de muitos. Escrevo há muitos anos, mas em inglês. Tenho um blog: Meire Marion’s Corner, onde tem outras histórias, opiniões, poemas, basicamente relatos de coisas que vejo.
Tenho planos de publicar mais livros, incluindo dois em Português, mas os outros são em inglês.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Eu amo ler e leio muitos livros por ano. Graças a professores que tive, aprendi a ler relativamente rápido e acredito muito na leitura. Acredito que seu vocabulário, fluência, gramática e idéias podem melhorar muito com a leitura.
A vida do escritor no Brasil é difícil. Ainda mais com um publico restrito sendo que escrevo em inglês. Quero que as pessoas curtam minhas histórias e que depois quando eu não estiver mais aqui nessa vida, meus personagens continuaram encantando crianças e adultos.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Conheci a Scortecci Editora através de um curso que fiz na editora com o Ricardo Ramos filho em 2011 e costumo receber e-mails da mesma.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
O livro deve ser lido por crianças (e adultos) que queriam descobrir como Charlie consegue fazer um amigo num mundo cruel. 
Deixo meu amor pela leitura para aos meus leitores e podem acreditar que a leitura te leva para outros mundos sem sair do lugar.

Obrigado pela sua participação.

Um comentário:

  1. Parabéns Meire, desejo muito sussesso em sua carreira como escritora, up!!!!!

    ResponderExcluir