sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Entrevista com Enrico Barale - Autor de: CELTICOS

Nasceu em seis de novembro no ano de mil novecentos e setenta e sete. Dedica-se à arte da escrita desde mil novecentos e noventa e seis. Celticos – o início é sua primeira obra de literatura fantástica.





Duncan McAndrews não é um vampiro que se encontra facilmente nos livros de literatura fantástica. Dono de poderosos dons e fundador de um clã que reúne, quase sempre, vampiros com alto senso de justiça e companheirismo, sua figura é sedutora e envolvente. 
Uma história rica nos cenários, nos detalhes e na construção das personagens, capaz de prender a atenção e despertar o interesse pelo próximo passo de cada integrante durante toda a leitura. 
Por fugir do comum, não trazendo a costumeira luta entre humanos e vampiros, mas a luta entre seres de várias naturezas, Célticos – o início, nos prova que o tema se trata de uma fonte inesgotável de inspiração para personagens e histórias.
O surpreendente final é, ao mesmo tempo, a conclusão de um ciclo e a semente de uma nova história...


Olá Enrico. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
Se trata de um humano que escolhe viver inúmeras aventuras como vampiro. A ideia surgiu depois que comecei a jogar e mestrar RPG de Vampire. O público alvo é todo aquele que se interesse por fantasia, ficção, vampiros, lobisomens, fantasmas e magia.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
CELTICOS - O Início Duncan McAndrews é o primeiro livro de uma série que até agora totaliza cinco livros nos quais a saga terá continuidade e um final provavelmente inesperado. Já comecei a escrever o segundo que contará a história de outra personagem desde antes de seu nascimento, alguns milhões de anos atrás, até a atualidade. O terceiro e quarto livro continuarão descrevendo a vida de alguns personagens e culminarão no desfecho de toda saga. O quinto livro será baseado em crônicas de uma personagem que já morreu no primeiro livro.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Acho que é super concorrido o autor tem sempre de procurar meios de propaganda alternativos para conseguir emplacar o livro e vender o suficiente para produzir outros. Como o povo brasileiro tem pouca vontade por leituras que não sejam baseadas em fofocas, futebol e outros assuntos menos interessantes a dificuldade está em cada esquina, por outro lado devido ao interesse de muitos na leitura do gênero fantasia, ficção, acredito que a desvalorização será superada, basta apenas a pessoa se interessar.
Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Através do google.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Sim merece! Pelo simples fato de ser bem diferente do que as pessoas estão acostumadas, em CELTICOS - O Início Duncan McAndrews os vampiros não brilham no Sol, não ajudam os humanos, não se sentem mal após matar e sugar o sangue de ninguém, ao contrário disso as personagens tentam desenvolver seus poderes e "viver" em um mundo lotado de outros seres fantásticos os quais poderiam, ou não, ser aliados ou inimigos mortais.
Leitor: ao iniciar a leitura de CELTICOS - O Início Duncan McAndrews esqueça tudo o que já viu, ou leu anteriormente, abra sua mente para as possibilidades e aproveite a leitura!


Obrigado pela sua participação.

2 comentários:

  1. Obrigado editora Scortecci pela atenção e pelo serviço super bem feito!!

    ResponderExcluir
  2. A entrevista foi curta, porém prendeu a atenção, certamente o livro segue o mesmo caminho.

    ResponderExcluir