domingo, 10 de dezembro de 2017

Entrevista com José Usbesco - Autor de: GOTAS E RABISCOS DE TERNURA

José Usberco (06/02/1929-06/03/2017)
Nasceu em São Paulo (capital). Viveu seus primeiros anos no Paraná. Desde muito cedo, aprendeu a trabalhar na lavoura catando algodão como se fosse uma brincadeira. Aos nove ou dez anos de idade mudou-se para a capital paulista, onde permaneceu até o final de sua vida. Estudou somente até o quarto ano do curso primário. Ainda na idade escolar começou a trabalhar como aprendiz e praticante de mecânica e de farmácia e, também, engraxate e vendedor de balas nas praças e cinemas da região do Belenzinho para ajudar no orçamento mensal da família; já então era o mais velho de cinco irmãos. Ainda adolescente passou a trabalhar na indústria de tecelagem e um pouco mais tarde na indústria metalúrgica. Casou-se muito jovem, aos vinte e poucos anos, com Antonina Kasjanczuk. Foi pai de dois filhos: João e Reinaldo Usberco. Educou-os com o seu trabalho e bom exemplo. João é professor e autor de livros de Química e Reinaldo é empresário e Diretor-Presidente da ARPE Ind. Eletrônica Ltda. José Usberco, ao enviuvar, teve por companheira a Sra. Arlete Silva Peres. Depois casou-se com Ruth Mary Calil. O autor, autodidata, sempre se dedicou a leituras e pesquisas sobre Filosofia e Literatura. Os pensadores e literatos romanos, gregos, portugueses e brasileiros, de diferentes épocas, foram os que mais despertaram o seu interesse e o ajudaram a expandir seus pensamentos, o seu conhecimento e a desenvolver os seus escritos.

É o nosso segundo livro editado pela Scortecci. No primeiro – Gotas e Rabiscos, de 2012 – expusemos toda a nossa sensibilidade através dos versos das Trovas, Poemas... Também das Narrativas, onde colocamos grande engenhosidade (1) de pensamentos, nos quais procuramos oferecer ao Leitor momentos agradáveis de lazer, bem como a oportunidade do despertamento (2) da imaginação. Muitas vezes nossas páginas são impregnadas de lições simples, porém sempre necessárias no nosso dia a dia. O presente livro, sem fugir a esse nosso peculiar estilo, de trazer Narrativas, Trovas, Poemas... Oferece, ainda, nossos Pontos de Vista, nossas Declarações, cujos objetivos são chegar até o Leitor pelos olhos, tocando sempre o seu bom gosto pelo Simples, pelo Belo, pelo Romântico, enfim, buscando por esse Lado Bom que Faz, Verdadeiramente, o Ser Humano ser HUMANO. Esperamos que Todo Aquele que se dispuser a ler as Nossas Letras possa encontrar, Nelas, Algo que o faça Melhor. Desejamos a Todos uma Boa Leitura e Muitos Agradáveis Momentos. Abraços.
O Autor
________________
 1 Engenhosidade = criatividade.
 2 Despertamento = conscientização.

Que o canto da maturidade jamais asfixie a tua criança eterna.
Que teu sorriso seja sempre verdadeiro...
Que as pedras do teu caminho sejam sempre encaradas como lições da vida.
(...)
Que cada dia seja um novo recomeço, onde tua alma dance na luz.
Que de cada passo teu fiquem marcas luminosas da tua passagem em cada coração.
(...)
Que o teu coração voe contente nas asas da espiritualidade consciente, para que tu percebas a ternura invisível tocando o centro do teu ser eterno.
Que o teu coração sinta a PRESENÇA secreta do inexplicável!
(...) 
Que jamais, em tempo algum, tu esqueças a PRESENÇA que está em ti e em todos os seres.
Que o teu viver seja pleno de PAZ e LUZ.
(Trechos de Para uma reflexão..., p. 213)

Olá Ruth Mary. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor par falar da obra de José Usberco.

Do que trata o Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
Trovas, Cantigas,
Pensamentos.
Pelo desejo de Transmitir seus sentimentos, suas vivencias...
Público de bom gosto.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
José Usberco foi uma pessoa de bem, simples, autodidata, de bom coração. Esse seria o 1º de muitos livros se aqui continuasse presente.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
A vida do escritor é prejudicada pelo excesso da tecnologia ainda não bem aplicada ou bem direcionada.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Conheci a Scortecci Editora - eu, Ruth Mary Calil - através de seus concursos literários do qual já participei uma vez.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
O Livro de José Usberco merece ser lido por suas mensagens de vida e o bom emprego de suas palavras.


Obrigado pela sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário