segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Entrevista com Afrânio Barbosa de Souza - Autor de: QUEM TEM MEDO DE DONALD TRUMP

O autor e mineiro, advogado, administrador de empresas, com cursos no exterior, especializado em mercado de capitais. Autor de romances Meninos da Roça, publicado em 2010, e 1875 - Missão ao Fim do Mundo publicado em 2015 pela Editora Scortecci.




O livro é uma coletânea de artigos publicados no DCI, jornal sobre economia. Trata-se de breves relatos sobre acontecimentos políticos e econômicos ocorridos no Brasil nos primeiros 15 anos do século XXI, marcados na área politica por despudorada corrupção e na área econômica pelo que o autor classifica como incompetência técnica do Banco Central. O leitor poderá acompanhar, certamente com tristeza, o acerto das previsões do autor.





Olá Afranio. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
O livro é uma coletânea de artigos publicados no DCI - Diário da Industria e Comercio no período de 2000 a 2015, abordando crises politicas, econômicas e corrupção ocorridas no Brasil e no mundo ocidental.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
É o terceiro. Os dois primeiros foram romances. Esta historia de plantar arvore não é atividade literária. E a paternidade é responsabilidade bem maior que ser escritor.
Finalmente, brasileiro que não é politico, magistrado ou funcionário publico em Brasília, não tem sonhos, tem pesadelos.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
É uma atividade economicamente inútil. Um lazer caro. Mas como terapia bem melhor que ficar digitando um celular.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
A editora é velha amiga minha. Além disso gosto muito do tratamento que me da através da Paola.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
QUEM TEM MEDO DO DONALD deve ser lido por todos aqueles se preocupam com o Brasil. É um resumo do que ocorreu nos primeiros 15 anos do Século XXI neste pais. O leitor deve lê-lo por três motivos. 1) Apesar de falar em economia, taxa de juros, corrupção e falta de caráter, sua linguagem é de fácil entendimento, as vezes irônica. 2) As previsões registradas nos artigos aconteceram o que fez do autor um micro Nostradamus político-econômico. 3) Os artigos são curtos, não mais de três paginas o que permite leitura nos ônibus, nos aeroportos, em aviões, etc. Só não se deve ler enquanto dirige por que é mais perigoso que celular e o leitor corre o risco de perder os últimos artigos.

Obrigado pela sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário