sábado, 6 de abril de 2019

Entrevista com Barrozo - Autor de: ITAITUBA, NOSSA HISTÓRIA EM RIMA E PROSA

Nome literário de Olimpio Pereira Barrozo. Filho de João Pereira de Souza e Francisca Barrozo, nasceu em 26 de julho de 1953 em Itaituba (PA). Estudou no Grupo Escolar de Itaituba, na Escola Alice Carneiro e Escola Normal Sant’Ana. Fez o segundo grau com habilitação em Magistério (professor primário) na Escola Estadual Benedito Corrêa de Sousa, de 1979 a 1981. Frequentou por 18 meses o cursinho pré-vestibular. Trabalhou até os 20 anos na lavoura – plantar é uma das atividades de que mais gosta. É compositor e poeta, com vários trabalhos escritos. Sua composição mais conhecida é “Meu torrão” (melodia de Edson Fred). É membro da Academia Itaitubense de Letras – cadeira 25.

Conta a Vida e a Evolução Histórica Dos Habitantes De Itaituba.












Olá Olimpio. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
Minha ideia era e é divulgar a história de nossa terra Itaituba, fazendo com que os mais novos conheçam o que aconteceu durante esse tempo. 
O público é em geral, principalmente os estudantes de nossa região e o até mesmo do país, pois existem conterrâneos em todo país.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
O poeta ou escritor, é como o político, sempre quer chegar num ponto mais alto. 
Meu próximo lançamento, será um livro de poesias e pensamentos.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Acho muito difícil, até porque são poucos os escritores que vivem de seus trabalhos, nós brasileiros, não temos um costume de fazer leituras, não sei se é a falta de incentivo por parte de professores, logo no início dos estudos.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Como tenho alguns escritores na minha região, algum deles me passou o nome dessa editora. Com o contato com a mesma, aconteceu o namoro e hoje graças as suas condições, estou com meu livro bem dizer pronto.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Acho que deve ser lido sim, minhas colocações vão ser aceitas pelos futuros leitores, inclusive já estou fazendo algumas recomendações sobre o mesmo no face, e com isso, já tem gente encomendando o seu.

Obrigado pela sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário