segunda-feira, 10 de junho de 2019

Entrevista com Regina Márcia - Autora de: A GRANDE AVENTURA DE CHAPEUZINHO DOURADO E O LOBO

Nome literário de Regina Márcia Ramos Fernandes.
É graduada em Pedagogia, pela USP, pós graduada em Psicopedagogia, especialista em alfabetização, desenvolve projetos psicopedagógicos no âmbito de dificuldades e ou defasagens na aprendizagem. Fascinada por histórias Infantis possui obras temáticas enfatizando a importância da oralidade, da leitura, da escrita e da imaginação ao universo infantil. Após a publicação de sua primeira obra, tornou-se Contadora de Histórias, levando seu enredo aos eventos culturais públicos e privados.


No cenário, a autora fomenta amizade, diversão e aprendizagem desvendadas pelas curiosidades e interesses permeados por registros de momentos inesquecíveis sobre a diversidade da vida na floresta.








Olá Regina. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
A obra “A Grande Aventura de Chapeuzinho Dourado e o Lobo - Um dia inesquecível na floresta”, trata-se de um enredo, que enfatiza valores éticos como a amizade relacionada ao carinho, confiança e o respeito ao meio ambiente, sendo estes valores os responsáveis por uma grande empatia entre os personagens da narrativa, a qual vislumbra possibilidades fantásticas em curiosas descobertas no meio da floresta, onde o sincero laço afetivo pode proporcionar grandes aprendizados vivenciados por aventuras possíveis a transposição aos conhecimentos em diversos âmbitos da vida.
A ideia surgiu pela aceitação da obra anterior, cujo título é “Chapeuzinho Dourado e o Lobo”, que trouxe o rompimento de estereótipos entre os personagens, supridos por valores como a identidade, o amor, a cooperação através vínculos familiares, proporcionando aos leitores do cenário infantil, possíveis analogias protagonizadas na era contemporânea. 

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Por opção meu projeto é continuar escrevendo, proporcionando ao público infantil através da leitura, possibilidades de desvendar novas emoções, de presumir várias direções almejando a transformação de leitores proficientes sob a construção definitiva de sua própria existência.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Neste sentido o escritor deve ter uma visão sistemática e se colocar como promotor de mudanças essenciais, precisa acreditar e escrever, apesar da realidade banal pela leitura, a literatura precisa ser dinamizada e revolucionada em busca de visibilidade e aplausos, considerando sua magnitude atualmente ofuscada nesta escassa era leitora.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Meu primeiro contato com a Editora Scortecci, foi através do lançamento de uma Obra Poética a convite do próprio autor.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Sim! Meu livro deve ser lido, pois seu tema principal enfatiza importantes questões ambientais e valores éticos como a amizade verdadeira, a importância da empatia para o bom relacionamento, o respeito e harmonia do habitat animal, numa intencionalidade a despertar no leitor, de forma descontraída interesses a conhecimentos curiosos sobre a fantástica vida na floresta e descobrir os encantos da natureza, por meio de vivências e inferências realizadas no meio ambiente.

Obrigado pela sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário