domingo, 10 de novembro de 2019

Entrevista com Adelisa Maria Albergaria Pereira Silva - Autora de: UMA HISTÓRIA DE AMOR ESCRITA POR DEUS...

54 anos, é natural de Campinas/SP. Pedagoga por formação, bancária por profissão e escritora por vocação, também escreve crônicas de seu cotidiano desde julho de 2010 em seu blog: O que realmente importa... Em agosto de 2013, lançou seu primeiro livro O que realmente importa..., pela Editora Multifoco, coletânea de crônicas do seu blog pessoal. Em julho de 2015, lançou seu segundo livro, O que realmente importa... – Vol. 2, pela Editora Chiado, com lançamento simultâneo no Brasil e em Portugal. Em agosto de 2016, participou da coletânea de crônicas Meu Pai foi ferroviário – Vol. 8. Em setembro de 2016, estreou na Bienal Internacional do Livro de São Paulo a convite da Editora Chiado, com o livro O que realmente importa... – Vol. 2. Em junho de 2017, seu segundo livro, O que realmente importa... – Vol. 2 – Editora Chiado, foi exposto na Feira do Livro de Lisboa. Em agosto de 2018, participou pela segunda vez, da Bienal Internacional do Livro de São Paulo a convite da Chiado Grupo Editorial, com o livro O que realmente importa... – Vol. 2. Atualmente continua escrevendo em seu blog. Além da escrita, também gosta de fotografar em todas as oportunidades que tem! Uma curiosidade: as capas dos dois livros são fotos de sua autoria.

É uma história verídica, contada com muito amor para os pequeninos! O tema “adoção” precisa deixar de ser mais um tabu e, por isso, deve ser abordado com as crianças. Afinal, elas devem saber que a criança que nasce do coração de um pai e de uma mãe é tão amada e importante quanto as que nascem do ventre. Para derrubar os preconceitos que ainda existem sobre o assunto, é necessário desmistificá-lo! A adoção é uma bênção e um privilégio para ambas as partes!



Olá Adelisa. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
O tema do meu livro é a “Adoção”. Uma história verídica de adoção (a história da chegada do meu filho mais novo), contada para as crianças.
Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?Desde que lancei meu primeiro livro, sempre pensei em lançar um livro infantil sobre adoção, que é um tema pouco “trabalhado” com as crianças.
Com o intuito de auxiliar os pais à abordar o assunto com seus filhos - de uma maneira natural e descomplicada.
O público à que se destina meu trabalho são as crianças. E já tive retorno, com a graça de Deus!
Um pai que acabou de entrar na fila do CNA (Cadastro Nacional de Adoção) adquiriu o meu livro na semana passada, para que quando seu filho(a) chegar, ele já o tenha em mãos, e possa abordar o assunto com ele(a).
Um outro leitor de 5 anos, leu o meu livro e disse à sua mãe:
- Olha mamãe: foi igual você e o papai!
Fiquei emocionada e feliz em saber! É exatamente essa sensação de pertencimento e amor, que quero passar para as crianças!
As crianças devem saber, que uma criança que nasce no coração de um pai e de uma mãe, é tão importante e tão amada, como qualquer outra!

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Escrevo crônicas do meu cotidiano desde julho de 2010 em meu blog: O que realmente importa...  Sou autora de dois livros (coletâneas de crônicas do blog): O que realmente importa... (2013)/Editora Multifoco; e O que realmente importa... – Volume 2 (2015 – Brasil/Portugal)/Chiado Books.
Participei em 2016 e 2018   da Bienal Internacional do Livro de São Paulo, à convite da Chiado Books, com meu O que realmente importa... – Volume 2.
É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Não é meu primeiro livro. É mais um sonho realizado, com a graça de Deus! E agradeço também a editora Scortecci, que tornou o meu projeto viável, e ajudou-me a realizar esse sonho!  Mas não é apenas o sonho “de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro” ...
Escrever já faz parte de mim!  Então, tenho a ânsia de escrever, e mais alguns projetos em mente!

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
É um tanto árdua!
No Brasil, é quase impossível viver apenas da escrita. A não ser, que seja um “best seller” ... Também, uma missão quase impossível!
Outro dia vi um comparativo na internet, dos livros com relação a outros serviços.
As pessoas não acham caro pagar R$ 50,00 numa bijuteria, numa pizza, numa manicure; ou muito mais, com outros serviços, num salão de beleza.  Mas acham caro pagar R$ 30,00/R$ 35,00 num livro, que é um bem durável! E muitos, de valor inestimável!
Não imaginam o trabalho que dá escrever/editar um livro!
Seria muito bom, se houvessem projetos de incentivo à leitura, nas escolas.  E os escritores fossem mais valorizados!
Infelizmente, é bem difícil ser escritor no Brasil!

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Através de uma amiga, que já tem livros publicados com essa editora, e me deu boas referências.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Sim.
Porque o tema “adoção” precisa deixar de ser mais um tabu e, por isso, deve ser abordado com as crianças. Afinal, elas devem saber que a criança que nasce do coração de um pai e de uma mãe é tão amada e importante quanto às que nascem do ventre. Para derrubar os preconceitos que ainda existem sobre o assunto, é necessário desmistificá-lo!
Alguma mensagem especial para seus leitores?
Espero que gostem do meu livro!
E que ele possa ajudar os pais à abordarem o assunto com seu filhos, de uma maneira natural e sem preconceitos!
A adoção é uma bênção e um privilégio para ambas as partes!
Para ter filhos:  é necessário apenas, que haja Amor...Só Amor!
Eu Amo ser mãe do coração!

Obrigado pela sua participação.
Leia Mais ►

Entrevista com Márcia Cristina Oliveira e Dayane Oliveira - Autoras de: A NUMEROLOGIA DOS CHAKRAS

É Carioca de nascimento e Cidadã Catarinense de coração, habitante de Florianópolis/SC, ariana nascida em 5 de Abril de 1968, criativa, espiritualista e sensitiva. É apaixonada por projetos e ações em prol do desenvolvimento humano e espiritual. É facilitadora de cursos, vivências, retiros espirituais e viagens para Índia desde 2014. É canalizadora de processos de reconexão e autoconhecimento através de Aconselhamento Holístico,Yoga e Terapias Vibracionais/Energéticas e Integrativas. É escritora-poetisa há 27 anos e possui 4 livros publicados com o pseudônimo de Catarina Poeta.
É Numeróloga Sistêmica com base Pitagórica e Terapeuta Holística. Costuma afirmar que está neste ego chamado Dayane vivendo os desafios da dualidade.  Iniciou os estudos exotéricos aos 12 anos e, aos 26 anos teve um despertar interior que lhe abriu a mente e o coração para novas visões do mundo e de si mesma. Passou por experiências de expansão de consciência e percebeu que parte do seu propósito é compartilhar as experiências vividas com as outras pessoas.


Esta obra surge com objetivo de trazer a consciência para a influência potencial dos números em nossos centros de energia - chakras, e como podemos gerenciá-los de forma a melhor alcançarmos nossos propósitos, metas, objetivos, saúde e bem estar. A Numerologia nos dá ferramentas de leitura de nós mesmos e as técnicas de Yoga nos dão a oportunidade de transmutar as energias estagnadas nos chakras para possibilitar a reconexão com a nossa essência primordial.



Olá Márcia e Dayane. É um prazer contar com as suas participações no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
Trata-se de uma obra que fala de práticas holísticas e integrativas para o bem estar físico, emocional, mental e espiritual. O livro surge com objetivo de trazer a consciência para a influência potencial dos números em nossos centros de energia - chakras, e como podemos gerenciá-los de forma a melhor alcançarmos nossos propósitos, metas, objetivos e realizações pessoais. 
Sou professora e praticante de Hatha Yoga e especialista em Chakras e Meditação. Também sou Terapeuta Holística e Vibracional. Iniciei este projeto em 2016 quando participei de uma prática de Yoga em Rishikesh, Índia, e o Guru (professor de Yoga) falou da importância dos chakras em nossos corpos físicos e energéticos e da necessidade de gerarmos ações construtivas para manter esses centros de energias equilibrados. A correlação com os números veio nesta mesma viagem, quando um astrólogo de Jaipur com base na numerologia tântrica me falou que estava havendo certa desarmonia vibracional em meu ser nos chakras básico (Muladhara) e cardíaco (Anahata), e que ambos estavam dificultando minha vivência plena com meus números de desafio e de propósito de vida. Fiquei intrigada com estas afirmações e para aprofundar mais minha compreensão sobre isso, iniciei uma série de pesquisas na Índia, em Rishikesh, Jaipur e Varanasi. Neste mesmo ano, em Florianópolis, participei de uma oficina de numerologia pessoal promovida pelo Portal Guia da Alma, e foi quando conheci a numeróloga Dayane Oliveira. Nos tornamos amigas e a convidei para escrever sobre a numerologia correlacionada aos chakras, a fim de complementar o livro que eu já havia escrito. E juntas criamos uma forma de abordagem terapêutica para alinhamento dos chakras e números que regem nossa vida em termos de desafios e propósitos de uma forma integrativa unindo dois conhecimentos muito antigos – Chakras e Numerologia Pitagórica.
O livro tem dupla função! Para terapeutas holísticos é uma ferramenta de análise profunda para auxiliar nos atendimentos clínicos. Para leigos é uma ferramenta de auto-ajuda para uma melhor compreensão de si mesmo, por meio de uma forma muito simples.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Comecei minha carreira literária em 1991 participando da Antologia Mil Poetas Brasileiros, publicado pelo Instituto da Poesia Internacional de Porto Alegre-RS. Neste mesmo ano lancei em Imbituba-SC o livro “Duas Faces em Versos” pela Editora Lex Graf, em parceria com o escritor Jorge Luís Fagundes. Em 1996 adotei o pseudônimo de Catarina Poeta e lancei o livro “Desejos e Delírios” pela Editora Gráfica Juliana, também em Imbituba-SC. Pela Bookess Editora de Florianópolis-SC lancei vários livros no formato E-book: Livro “Releituras” (2010); Livro “Inquietação” (2010); Livro “Desejos e Delírios Edição atualizada” (2010); Livro “Pulsações” (2011). Em 2015 participei da Antologia Scortecci Rede de Palavras Volume 2, da Editora Scortecci de São Paulo. Em 2018 decidi lançar livros na área de auto-ajuda – Therapy Healing (Terapia de Cura) e Wellness (Bem estar), sendo “A Numerologia dos Chakras” o primeiro pela Editora Scortecci. Já tenho outros dois livros prontos que serão lançados em breve.
O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
A leitura tem sido estimulada em nosso país nas últimas duas décadas. Mas, a verdade é que o valor para se editar um livro no Brasil ainda é alto e isso afeta o preço final da obra, pesando no bolso do consumidor. Na Índia, por exemplo, compramos excelentes livros por cerca de 80 a 200 Rúpias (entorno de três dólares ou quinze reais). Outro fator é que na era digital, é possível fazer download de vários títulos de obras gratuitamente. Mas, na minha opinião, o que nos resguarda uma vitalícia carreira literária, é o fato de que nenhum sistema digital substitui o imensurável prazer de se folhear um bom livro, sentindo a textura e o cheiro do papel. Há um certo romantismo nisso, que ainda atrai bons leitores em busca de bons livros.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Recebi um convite da editora para participar de antologia literária. E, quando foi possível eu participei de uma.
Adorei o resultado e a qualidade da obra. E, não tive dúvidas em publicar meu livro na Scortecci.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
O livro “A Numerologia dos Chakras” merece ser lido por tudo o que ele pode oferecer para o leitor leigo e para terapeutas holísticos como ferramenta para a transformação e ressignificação vibracional dos corpos energéticos e sutis de cada um. É uma leitura-jornada rumo ao autoconhecimento e autodesenvolvimento.

Obrigado pela sua participação.
Leia Mais ►