terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Entrevista com Diva Mendes - Autora de: PEQUENOS ATOS DE GENTILEZA



Diva Mendes esteve conosco no lançamento do Blog, no Espaço Scortecci, em 4 de Outubro de 2014. Ela foi uma das premiadas com uma entrevista ao vivo, que foi ao ar na TV Livro. Veja ao final desta entrevista, esse vídeo.

Diva Mendes
Nascida em Minas Gerais e residente em São Paulo atuou como professora até se aposentar. Escreve desde muito jovem, mas somente a partir de 2009 decidiu participar de concursos literários. Em 2010 lançou seu primeiro livro solo Como Passa o Tempo Passa o Vento. Em 2011 foi nomeada acadêmica pela diretoria da Academia Niteroiense de Belas Artes. Em 2012 recebeu o prêmio Literário Acadêmico Claudio de Souza como melhor cronista através da Literarte, ainda neste ano lançou o segundo livro solo Tulipas e foi premiada com a medalha Prêmio Luso-brasileiro de Contos da Sociedade de Cultura da Ilha da Madeira. Em 2013 participou do 1º Festival de Contos do Rio de Janeiro e recebeu uma condecoração como uma das melhores contistas e medalhas de participações em antologias. Em 2014 recebeu um troféu da Associação Brasileira de Desenho e Artes Visuais, o prêmio Excelência Cultura da ABD em comemoração oficial aos setenta anos da entidade no Brasil. Atualmente divide o seu tempo entre trabalhar como voluntária no Hospital Samaritano e escrever suas crônicas e contos, feliz e agradecida a Deus porque é quem lhe dá toda inspiração.


Pequenos Atos de Gentileza é um livro de contos  do cotidiano que pretende, com muita sensibilidade, deixar à mostra a delicadeza, a fragilidade e a força do ser humano. São contos que falam de alegrias e tristezas, ganhos e perdas, viagens e amor, muito amor.







Olá Diva. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
Trata-se de um livro de contos e crônicas que tem o intuito de lembrar ou relembrar ao leitor a importância de pequenos atos de gentileza que fazem a vida mais suave.
A ideia para este livro veio da observação do quanto os indivíduos tem se tornado cada vez mais indiferentes uns com os outros, logo, destina a todos os que gostam de uma boa reflexão.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Escrevo desde muito jovem, embora só tenha editado meu primeiro livro em 2009. No início era mesmo um sonho de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro. Gostei tanto da experiência que acabei escrevendo outros livros e participando em diversas antologias.
Sempre que acabo e edito um livro penso que será o último, mas aí tenho novas ideias e continuo escrevendo.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
A vida do escritor no Brasil é sacrificada, falta incentivo, os custos não são baixos, o retorno financeiro é ínfimo.
Apesar de tudo isso e do pouco hábito de leitura dos brasileiros, escrever é uma paixão que supera todas as dificuldades.

 Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Vi na internet sobre um evento de apresentação de uma antologia e decidi ir prestigiar, chegando lá encontrei diversos escritores conhecidos meus e decidi adotar a Scortecci como minha editora.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Sem dúvidas. Acredito que toda história bem contada merece atenção. Aos meus leitores habituais agradeço as palavras de incentivo e elogios e aos futuros leitores desejo boa leitura.


Obrigado pela sua participação.

Um comentário:

  1. Diva querida, parabéns!
    Que bom ler sua entrevista e ouví-la. Quando uma pessoa tem um objetivo prazeroso ela explora todas as oportunidades felizes. Seu nome já é um sucesso lindo: DIVA! beijos

    ResponderExcluir