segunda-feira, 6 de abril de 2015

Entrevista com Aurélio Hess - Autor de: RELAÇÕES INTERNACIONAIS, CRISE E MUITO MAIS...

É professor universitário desde 1998, tendo trilhado carreira empresarial e acadêmica. Mestre em Planejamento Financeiro pela PUC/SP, MBA em Gerenciamento de Projetos pela FGV/SP e Doutorando pela USP, lecionou em algumas das maiores universidades do país por mais de 15 anos. trabalhou em 5 das 25 maiores empresas do Brasil.





A crise que iniciou em 2006 nos Estados Unidos, cresceu ao longo de 2007 deflagrando um processo mais profundo em 2008, com a falência declarada do Lehman Brothers Bank, afetou o mundo de forma profunda e inesperada.
A gravidade da crise foi comparada à de 1929 por vários analistas, economistas, estrategistas, ministros e chefes de estado por todo o mundo. A conformação geopolítica global foi alterada, tornando países – até aqui exemplos – réus prováveis num julgamento de ética nos negócios. Na outra extremidade, países menos expressivos – e até então suspeitos – tornaram-se motores da recuperação.
Um ano depois da eclosão da crise, a nova estrutura mundial emergiu, saltando aos olhos do mundo, surpreendendo muitos dos ‘pregadores do caos’.
A origem, os motivos e o desenrolar dos acontecimentos foram aqui retratados da forma mais completa e correta possível, embora sem rigor acadêmico.

Olá Aurélio. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
O livro trata da Crise Financeira de 2008.
A meta desta obra romanceada transcende a intenção de divertir. Tenciona instruir e inspirar. Contribuir com o entendimento de diversos fenômenos sociais e econômicos, de forma divertida, instigante e agradável. A ideia é ensinar como o mundo funciona, sob a perspectiva dos negócios, da economia e das relações entre nações, de forma simples e de fácil compreensão. O enredo vai além do entretenimento informando, embora sem rigor científico, datas, países, decisões de câmaras internacionais, soluções econômicas, políticas, dados socioeconômicos, geográficos e geopolíticos. Discute ética, educação, relações humanas, empresariais e relações internacionais.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Sou professor universitário mas, acima de tudo, sou um brasileiro preocupado com os rumos do Brasil e do mundo. Este não é meu primeiro livro, mas é o primeiro que tenta instruir entretendo. É um livro técnico sob a perspectiva dos universitários. No entanto, pode ser lido e compreendido por qualquer pessoa interessada em entender a crise e outras dinâmicas que fazem o mundo funcionar.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Um grande desafio. O Brasil, por não ter muitos leitores, perde a grande oportunidade de se desenvolver a largos passos.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Amigos publicaram obras pela Scortecci.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Meu livro torna simples alguns assuntos que são considerados complicados. Instrui e diverte, tornando agradável a aquisição de conhecimentos.

Obrigado pela sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário