segunda-feira, 6 de junho de 2016

Entrevista com Fábio Oliveira - Autor de: SEGREDOS, VERDADES E MENTIRAS

É Mestre em Letras pela Universidade Federal da Bahia e Doutor em Linguística Pela Universidade de Campinas. Atualmente é Escritor e Professor Assistente de Língua Portuguesa e Linguística da Universidade do Estado da Bahia.





Neste livro de crônicas, Fábio Oliveira expõe segredos, alegrias, dores, esperanças, medos e angústias de personagens do cotidiano, tocando em pontos da alma humana difíceis de serem revelados. Com linguagem simples, concisa e eficaz, o autor conta histórias que prendem a atenção do leitor; histórias marcadas pela criatividade, emoção e capacidade de reflexão. "Segredos, verdades e mentiras" é um convite ao leitor para o prazer da leitura, para o conhecimento de si mesmo e do mundo.




Olá Fábio. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
"Segredos, verdades e mentiras" é um livro de histórias curtas sobre temas universais da literatura, como o amor, a insegurança, o medo, a plenitude, por exemplo, buscando mergulhar na alma humana e interpretá-la, mas também considerando sempre a singularidade dos contextos. É uma obra para adolescentes e adultos. A primeira história foi escrita quando eu tinha vinte anos e foi publicada em uma revista de um curso de Letras. Como os leitores gostaram dessa narrativa, surgiu o desejo de escrever um livro de contos e crônicas. Passado um tempo desse período inicial de minha escrita literária, aquele desejo se uniu a uma vontade de me esvaziar um pouco. Foi assim que a obra surgiu.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
A recepção do meu primeiro livro foi muito boa, tanto é que agora foi lançada a sua segunda edição, o que me incentiva a continuar escrevendo. Além disso, penso que a literatura me permite escrever de uma forma libertária e compromissada, e eu me sinto bem dessa forma. O resultado de tudo isso é que já estou planejando o lançamento do meu livro de poemas para este ano. rsrsrs.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Não acho que o Brasil tenha poucos leitores nem que a leitura seja pouco valorizada, mas penso que o circuito de produção literária ainda é muito fechado, o que exclui muitos autores bons, e que os brasileiros, embora leiam, ainda leem pouco em sua maioria. O que é preciso, na verdade, é democratizar e diversificar a leitura.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Conheci a Scortecci pesquisando editoras com nome no mercado. Apostei na tradição e seriedade da editora e deu certo. rsrsrs.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Todo livro merecer ser lido, interpretado e analisado rsrsrs Eu espero que esse meu livro cave sentidos de esperança, superação e plenitude nos leitores.


Obrigado pela sua participação.

Um comentário:

  1. Este livro do Fabio é maravilhoso!
    Admiro muito este querido.
    Abraço

    ResponderExcluir