quinta-feira, 14 de julho de 2016

Entrevista com Cícera Sousa - Autora de: O MUNDO BÁRBARO DE BÁRBARA

Nasceu e mora, na cidade de Cruzeiro do Sul, no noroeste do estado Paraná, é irmã, de oito irmos, três mulher, e cinco homens, solteira, mora com a mãe, e dois irmãos, pai é falecido, faz artes plásticas, começou escrever, a partir de um sonho, que teve, sonhou que estava em seu quarto, deitada, era tudo tão rel. que ela via anjos caindo do céu onde ela estava, ficou tão contente de ver tanto anjos, e sorrindo a perguntou eles: _Anjos, quem são vocês?
Um dos anjos disse a ela: _ Nos somos o que você já foi, e você voltará a ser o que nos somos.
Ela não entendeu nada do que ele estava falando, achou que eles iam levar embora, que ia morrer, então perguntou: _ Mais o que vocês vieram fazer aqui?
Disse o anjo: _ Antes de você voltar ser o que nos somos e o que você já foi, Deus nos mandou vir trazer para você uma nova aptidão, e terá uma nova missão.
Eufórica perguntou a ele: _ Mas o que é? _ ele não me disse nada, e acordou assustada, e ficou imaginando, o sonho que teve, e que tipo de dom, Deus ia mandar a ela, e foi passando os dias, e quando se viu, estava escrevendo, o livro, o mundo bárbaro de Barbara foi ai, que ela lembrou, do sonho.

Uma viagem através dos evangelhos com a personagem, na companhia de Jesus.
Trata-se de uma narrativa onde o realismo fantástico funde-se com o surrealismo e conduz o leitor à uma grande viagem no tempo e no espaço. O drama da protagonista, suas angústias, seus conflitos faz o leitor refletir sobre a existência humana e sobre os mistérios divinos.





Olá Cícera. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
O livro “o mundo bárbaro de Bárbara” trata de uma jovem cheia de fé e de boa índole. Retratar as leis divinas e as leis profanas, onde está a verdade e qual segui-la. A ideia de escrever o livro “O mundo bárbaro de Bárbara”, surgiu de uma forma inesperável. Eu sempre fui curiosa de saber, sobre Deus, e isso para mim é bom, e a Bárbara é isso, ela também é curiosa, ela ouve algo e vai atrás. O livro é destinado a qualquer público que queira buscar uma leitura sadia e bem profunda.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Bem eu nunca fui mãe, e não lembro se já plantei uma árvore. Eu desejo que cada dia mais me aprofundar no mundo das letras. Adoro escrever historia, principalmente quando cinto que quem ler ou está lendo o livro, vê vida na personagem Bárbara. Muitas pessoas vêm falar comigo, e dizem para mim que a Bárbara sou eu, mas a Bárbara, eu criei para tocar no coração das pessoas. As pessoas vêm na Bárbara algo tão vivo, que não querem saber se eu criei. Elas querem dar vida, nem que para isso, elas dizem que sou eu. É gratificante saber que as pessoas estão amando a Bárbara. Desejo que o mundo das letras não me abandone, quero viver sempre nesse mundo. Espero que Bárbara seja só o começo para muitos outros livros venham e que Deus me abençoe.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Bem, estou começando agora e não sei muito sobre a vida de um escritor, principalmente do Brasil. Pelo pouco que estou sentindo, é um pouco difícil, mas é maravilho, estou amando. Tem hora que me atrapalho toda, rsrsrs, mas aos poucos, se Deus quiser, vou me adaptando nessa nova vida. É uma pena, saber que no Brasil se lê pouco, por que o mundo das letras é magnifico, é encantador, mas fazer o que, o livre arbítrio é assim mesmo.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Foi através do professor Adelmo da silva. Ele, que para mim, foi abençoado por Deus para me ajudar nessa missão, sem ele essa obra não se materializaria. Eu sozinha não conseguiria, só consegui através dele. Sou muito grata a ele e só Deus apoderar pagar a ele por tudo que fez de bom para mim. Ele também foi revisor ortográfico.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Bem, todo escritor deseja que seus livros sejam lidos, e eu também não sou exceção, desejo isso para mim também. O livro “O mundo bárbaro de Bárbara”, faz a pessoa pensar em como estão vivendo e como viver. Começar a se olhar para dentro de si e fazer uma analise.
Desejo aos leitores do livro “O mundo bárbaro de Bárbara” que eles sejam muito abençoados por Deus. Só uma boa leitura para termos uma mente sã, disposta a ser melhorada a cada dia e ajudar o próximo com amor e carinho.

Obrigado pela sua participação.

2 comentários:

  1. Que bom Cicera
    O seu livro já é um sucesso.
    É só o começo de muitas oportunidades.

    ResponderExcluir
  2. Que bom Cicera
    O seu livro já é um sucesso.
    É só o começo de muitas oportunidades.

    ResponderExcluir