domingo, 27 de novembro de 2016

Entrevista com José Antonio Ribeiro - Autor de: PROCURANDO NOSSAS RAÍZES

Nascei em 7 de fevereiro de 1953 em São Paulo, SP.
É médico formado pela Faculdade de Medicina da Pontifícia Faculdade Católica de São Paulo, em 1978, com especialização em neurologia e neurocirurgia, tendo exercido suas funções na Prefeitura de São Paulo de 1980 a 2013, no Hospital do Servidos Público Municipal e no Hospital Municipal Arthur Ribeiro de Saboya, além de atividades em clínica e hospitais privados.

Por que temos pelo que é amigo, pela história, especialmente pelos nossos antepassados?
A resposta a esta perguntas pode estar nas influências arquetípicas, vívidas, que nos seduzem, e o desejo de torná-las conscientes, o que justifica esta busca às nossas raízes, a nossa ascendência.
Este livro conta o que experimentamos através do contato com pessoas e locais onde nasceram nossos antepassados, resgatando traços das suas vivências, que chegaram até a atualidade pela educação que recebemos de nossos pais e culturais dos povos que nos antecederam.

Olá José Antonio. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.


Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
Trata da procura dos meus ancestrais na Itália a ideia surgiu pelo desejo meu e de minha esposa de conhecermos a terra dos nossos bisavós em comum (somos primos em terceiro grau) o público a que se destina esta obra é aquele interessado nesta busca das nossas raízes, dos nossos ancestrais, através da genealogia.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Tenho outros projetos como escritor, não pretendendo terminar em um só livro.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Na verdade eu tenho como profissão a medicina, portanto não vivo de escrever livros. Concordo que é pouco valorizada a profissão de escritor, mas tudo aquilo que se faz com vontade e prazer vai dar um resultado positivo no futuro.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Fui apresentado a esta editora por uma amiga Alessandra Ruiz que já tinha tido contato anteriormente com a Scortecci.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Acredito que meu livro mereça sim ser lido, porque conta uma série de aventuras pelas quais passamos até culminar com o encontro de parentes na Itália, que nos receberam com muito carinho. Assim resgatamos a memória dos nossos ascendentes, e como não cultuar e amar aqueles que lutaram por nós, sofreram por nós, choraram por nós, morreram por nós? Quantos santos pensamentos dirigiram em nossa direção?
Deixo como mensagem aos meus leitores a seguinte frase: viver no coração dos pósteros é não morrer.

Obrigado pela sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário