domingo, 12 de maio de 2019

Entrevista com Fátima Uliani - Autora de: A REVOLTA DA BICHARADA

Fátima Uliani
Nome literário de Fátima Regina Uliani Joaquim.
A autora é uma daquelas contadoras de histórias nata.
Quando criança ouvia fábulas sobre seres fantásticos que sua mãe lhe contava. Na adolescência, recontava essas histórias e outras que ela mesma inventava para seus primos.
Mas foi quando suas filhas nasceram que seu lado escritora realmente aflorou.
Hoje, formada em Pedagogia e com especialização em Psicopedagogia, ela leciona na Educação Infantil da rede municipal de São Paulo e conta suas histórias a seus alunos, que sempre lhe pedem bis!

Essa é a história de uma bicharada que vivia tranquila e feliz no meio da floresta, quando de repente algo aconteceu para perturbar seu sossego...
Eles perceberam então que seria necessário um grande trabalho em equipe do jacaré, do macaco, da onça, da garça e de todos os animais para resolver esse problema.
E, ao acompanhar essa jornada da bicharada em busca de uma solução, as crianças vão mergulhar numa divertida história que fala de amizade e união, além de despertar a consciência para a questão ambiental.

Olá Fátima. É um prazer contar com a sua participação no Blog Divulgando Livros e Autores da Scortecci do Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
Meu livro fala sobre a importância da preservação do meio ambiente e da união para lutarmos em prol de uma causa.
A ideia surgiu da necessidade de ensinar minhas filhas sobre os temas abordados no livro de uma maneira lúdica e de fácil compreensão. Meu livro se destina a crianças de 4 até 7 ano.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Esse livro é o primeiro de muitos. Tenho várias histórias prontas que serão publicadas em breve, todas destinadas ao público infantil e todas já testadas com meus alunos da educação infantil e crianças da família e todas muito bem recebidas.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
É um desafio enorme, mas só podemos mudar isso através da leitura mesmo. Por isso procuro fazer com quem meu público pegue gosto pela leitura desde pequeno, só assim poderemos mudar.
Por isso preciso contar com a ajuda dos pais para que os incentivem.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Uma amiga da minha filha havia publicado um livro pela Scortecci e me indicou essa editora que me ajudou em todo o processo e foi peça fundamental na realização desse sonho.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Sim, pois abordo um tema sério com leveza para ensinar as crianças a amar e respeitar a única casa que nós temos, que é a Terra.
Além disso, também abordo temas como a força e a importância da amizade e união. Assim quero mostrar para as crianças que quando nos unimos somos mais fortes e podemos provocar a mudança que almejamos, e que não precisamos aceitar tudo que que nos é imposto.

Obrigado pela sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário